Congresso Latino-Americano de Enoturismo tem mais de 200 participantes inscritos

cropped-condomc3adnio-vitivinc3adcola-spa-do-vinho.jpgAlém de brasileiros, evento realizado no Vale dos Vinhedos terá congressistas da Argentina e Uruguai.

A meta prevista pela organização do 7º Congresso Latino-Americano de Enoturismo já foi alcançada. Mais de 200 participantes da Argentina, do Brasil e do Uruguai, ligados diretamente ao setor vitivinícola e ao turismo, estarão reunidos de quarta-feira (27) a sábado (30), no Spa do Vinho Autograph Collection Hotel, no Vale dos Vinhedos, em Bento Gonçalves (RS).

A abertura do oficial do Congresso será na tarde do dia 27, a partir das 13h30min, com as boas-vindas aos congressistas. Às 14h15min, Ivane Fávero, presidente da Associação Internacional de Enoturismo (Aenotur) – uma das entidades promotoras – contará o histórico e a concepção do evento e da própria instituição que preside.

O case do Vale dos Vinhedos, local escolhido para a realização da sétima edição do Congresso e que foi palco também do primeiro do encontro, em 2010, será apresentado, às 15h, por Deborah Villas-Bôas Dadalt, diretora de infraestrutura da Associação dos Produtores de Vinhos Finos do Vale dos Vinhedos (Aprovale). Ela discorrerá sobre o pioneirismo da região no enoturismo.

Ao término, haverá uma pausa para que os congressistas possam torcer juntos pela seleção brasileira de futebol na Copa do Mundo. Uma estrutura, no próprio Spa do Vinho, estará à disposição para quem quiser assistir à partida entre Brasil e Sérvia. Ao final do jogo, haverá o Welcome Wine, na esplanada do Spa do Vinho.

O Vale dos Vinhedos também será uma das localidades que receberá uma das visitas técnicas do Congresso. Na tarde do dia 28, os congressistas que adquiriram o pacote especial almoçarão no Trattoria Mamma Gema, onde serão servidos vinhos da Denominação de Origem Vale dos Vinhedos. Após o grupo conhecerá a estrutura da Gasper Adventure Vale dos Vinhedos, onde participará de passeio de quadriciclo pelas trilhas do Hotel Villa Michelon. E para encerrar, realizarão uma visita técnica a Vinícola Almaúnica.

O Congresso Latino-Americano de Enoturismo é uma realização da Aenotur, do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) e do Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Esta será a quarta vez que o evento é realizado na região. A primeira (2010) e segunda (2012) edições ocorreram em Bento Gonçalves. Já a terceira edição (2014) teve a programação distribuída nos municípios de Bento Gonçalves, Garibaldi, Flores da Cunha e Caxias do Sul.

SERVIÇO
7º Congresso Latino-Americano de Enoturismo
Quando: 27 a 30 de junho de 2018
Onde: Spa do Vinho Autograph Collection Hotel (Rodovia RS-444, km 21), em Bento Gonçalves (RS)
Programação completa: www.congressoenoturismo.com.br
Informações: recepcao@aconteceeventos.com.br

 

Foto: Acervo Spa do Vinho

Anúncios

Está em busca de agências de receptivo para o seu passeio pelo Vale? Nós podemos te ajudar!

Untitled design (4).jpeg

Bem aproveitar o tempo durante as férias é fundamental. E a organização do seu roteiro de viagem é importantíssimo, principalmente quando viaja para um local pela primeira vez. Escolher antecipadamente o caminho certo, o meio de transporte adequado, o local onde dormir, se alimentar e o que visitar, proporciona que suas férias sejam mais assertivas e tranquilas.

Ao visitar o Vale dos Vinhedos não é diferente. Apesar das inúmeras informações encontradas na internet, e de estarmos sempre disponíveis para te auxiliar com informações, além da facilidade em encontrar os serviços e produtos em nossa região devido à sinalização e proximidade dos atrativos, às vezes um apoio na realização do passeio é necessário e muito bem vindo. É uma segurança a mais para aqueles que não se sentem confiantes em passear por conta própria. Além do mais, o nosso produto principal, o vinho, demanda que alguém do grupo ou casal não deguste para poder dirigir.

É por isso que o Vale dos Vinhedos tem em sua carta de parceiros associados duas agências de turismo receptivo, aptas a oferecerem a você a comodidade de passear pela região da forma que achar melhor: locando um carro com guia, locando transporte para levar toda a família, optando por transfer com guia desde o aeroporto, escolhendo o melhor passeio de acordo com o gosto de cada um e pacotes com experiências inesquecíveis pela Serra Gaúcha com tudo incluso.
Vamos conhecer hoje um pouco mais destas opções de agências credenciadas do Vale dos Vinhedos? Vamos lá!

Giordani Turismo
A Giordani Turismo tem mais de 25 anos de história. Convenhamos que, diante da situação econômica inconstante do nosso país, 25 anos de existência em crescimento constante, somente podem ser sinônimo de uma coisa: qualidade no que se propõe a oferecer. O receptivo da Giordani Turismo oferece os pacotes mais variados de passeios pela Serra Gaúcha. Dentre eles passeios exclusivos pelo Vale dos Vinhedos ou combos entre rotas turísticas da região, que podem ser feitos em grupo ou de forma privativa, sempre com acompanhamento de guias locais credenciados. Os passeios variam em tempo e atrativos inclusos e você tem a liberdade de negociar com a Giordani Turismo pela proposta que mais se adéqua as expectativas. Além do mais, você pode incluir opcionais de transfers in/out para o aeroporto, ou ainda fechar um pacotão completo com hospedagem.

Um detalhe importantíssimo: esta agência também é a operadora oficial do Passeio de Maria Fumaça e do Epopeia Italiana Parque Temático, que também podem ser inclusos no seu pacotão de receptivo. E para as empresas, oferece atendimento ao coorporativo e também serviços de assessoria em turismo durante eventos: realizando o gerenciamento da logística de eventos sociais, profissionais, oficiais, técnico-científicos, artísticos, culturais e religiosos.

Você pode comprar os passeios pré-formatados acessando o site www.giordaniturismo.com.br ou entrar em contato com o receptivo através do lazer@giordaniturismo.com.br

Se você quiser apenas comprar o ingresso para a Maria Fumaça, pode entrar em contato no 54.3455.2788 para fazer a reserva.

Salini Turismo
O foco da Salini Turismo é o serviço personalizado e privativo, com carros executivos e atendimento a pequenos grupos. Apesar de ter em sua carta de serviços o atendimento que pode atender grandes grupos, o objetivo principal da empresa é atender aqueles que buscam exclusividade e atendimento exclusivo e discreto.

O processo de contratação dos serviços é singular e muito bacana. Você acessa o site da Salini, clica em “Orçamentos”. Escolhe o carro, os serviços que deseja (cadeirinha, bebê conforto, chocolate a bordo, travesseiro, coberta…), escolhe o estilo de música que mais gosta e se prefere espumante Brut ou Moscatel na viagem. SIM. Isso mesmo! Super delicado e gentil né? Depois, detalha todos os dados da sua viagem, inclusive os passeios que deseja fazer. Envia pra Salini. A equipe da Salini te responde com os valores e disponibilidades do serviço. Mediante a contratação, no dia do passeio, cumprem com o combinado: o carro escolhido, com um motorista super capacitado para dirigir (obviamente) e para lhe falar sobre a história e o turismo da região. O motorista lhe acompanha nas visitas acordadas, então você tem um passeio super privativo e exclusivo, não vai se perder, e pode degustar a vontade.

E se você precisar, a Salini tem também o serviço de “leva e traz”, para bares, restaurantes ou eventos. Então se você planeja degustar algum vinho e não puder dirigir, pode combinar o serviço “leva e traz” com a Salini. Isso serve no pacotão maior de turismo, ou como serviço isolado!

Para fazer o orçamento, você pode entrar no site e seguir o passo a passo conforme explicamos acima: www.salini.tur.br Epode também contatar a Salini no salini@salini.tur.br ou 54. 3459.1157 / 54.2102.7263

 

Tá! Mas e antes de tudo isso, se eu precisar de ajuda, o que eu faço?

Se você está planejando a sua viagem e precisa de algumas dicas para ajustar o seu roteiro, nós temos alguns contatos que podem te ajudar!

Sobre o Vale dos Vinhedos: você pode contatar a Aprovale, gestora e promotora do enoturismo no Vale dos Vinhedos. Através do faleconosco@valedosvinhedos.com.br ou 54.3451.9601. No site www.valedosvinhedos.com.br, você encontra informações diversas sobre a rota. No espaço “Empreendimentos”, estão listados todos os atrativos existentes.
Eles também respondem nas mídias sociais oficiais: www.facebook.com/valedosvinhedosoficial e no Instagram: @valedosvinhedosoficial

Sobre Bento Gonçalves: existe um canal de atendimento que pode te auxiliar com informações sobre todas as rotas de turismo da cidade. Através do turismo@bentogoncalves.rs.gov.br ou (54) 3055-7130 E dentro do site de turismo de Bento (www.bento.tur.br), existe um espaço chamado “rotas”, onde você tem acesso aos atrativos das rotas e os devidos contatos para informações. No espaço “guia geral”, tem outras informações que podem ser importantes pra você. E no espaço “programação diária”, as programações e eventos especiais que estão ocorrendo na cidade.

Agora não tem motivo pra não viajar pra Serra Gaúcha. Se vier de carro por conta própria: te ajudamos! Se quiser agência confiável: te indicamos! É só pegar a estrada, que nós estamos te esperando.

Congresso Latino-Americano de Enoturismo será realizado no Vale dos Vinhedos

Spa do Vinho3Hotel & Spa do Vinho será palco para a realização do importante evento que reunirá o trade do setor no coração do Vale. Foto: acervo Spa do Vinho

O vinho, enquanto produto turístico é parte da história, da arte, do folclore e da gastronomia, apresentando-se ao mercado como um bem da cultura de um povo, trabalhando com os cinco sentidos de percepção dos consumidores. Assim, o Enoturismo é o desenvolvimento de atividades turísticas dedicadas à descoberta e desfrute dos vinhos e vinhedos da região onde ocorre a sua produção.

Visando a discussão das ações relativas a esse segmento turístico na América Latina, foi criado, em 2010, o Congresso Latino-Americano de Enoturismo. A edição deste ano acontecerá no Brasil e terá como tema “Território, vinho e turismo: harmonização que dá certo”.

O evento é destinado a profissionais do setor do turismo, enólogos, empresários e gestores do setor vitivinícola, estudantes e demais interessados, principalmente dos países da América Latina.

O evento, que acontecerá de 27 a 30 de junho de 2018, teve sua programação prévia divulgada. Destacam-se os palestrantes Ivane Fávero – Presidente da Aenotur, Dra. Liz Thach – Master of Wine, Diego Bertolini – Gerente de Promoção do Ibravin, Marçal Duarte Velho – proprietário da Vinícola Jolimont. Também serão realizados painéis com diferentes temáticas, envolvendo Embratur, Sebrae e a Frente Parlamentar de Defesa da Valorização da Produção Nacional da Uva, Vinho, Espumante e Derivados.

A Associação dos Produtores de Vinhos Finos do Vale dos Vinhedos – Aprovale, entidade gestora do enoturismo no Vale dos Vinhedos, terá espaço de destaque no primeiro dia do evento, no painel “Panorama e perspectivas do Enoturismo no Brasil”, dividindo o palco com representantes do Ministério do Turismo, Sebrae e Ibravin.

Informações sobre o evento podem ser acessadas no www.congressoenoturismo.com.br
As inscrições serão abertas em breve, no mesmo site.

Setor vinícola retoma vendas e encerra 2017 com alta de 5,6%

Venda vinhos BRA 2017 - Dandy Marchetti.jpgSetor pleiteia retirada da Substituição Tributária para ampliar participação do vinho brasileiro no mercado interno. Foto: Dandy Marchetti/Banco de Imagens Ibravin

Com uma retomada iniciada no terceiro trimestre e que ganhou fôlego nos últimos três meses do ano, o setor vitivinícola terminou 2017 com dados positivos, apresentando crescimento de 5,67% nas vendas no mercado interno. No total, foram comercializados 363.184.941litros de vinhos, espumantes, sucos e outros derivados da uva.

Nos vinhos tranquilos, as vendas ficaram positivas em 2,19%, com 189,3 milhões de litros comercializados. Os vinhos espumantes ampliaram o volume em 3,22%, com 17,4 milhões de litros, e os sucos de uva 100% prontos para consumo foram os itens que mostraram melhor desempenho, com expansão de praticamente 16% ante o ano anterior, com 109 milhões de litros vendidos.

“O início do ano foi bem difícil, pois vínhamos de uma quebra de safra recorde (ocorrida em 2016), que aumentou os custos de produção, diminuiu a oferta de produtos, junto com uma crise econômica e política que deixou o mercado bastante retraído. Essa conjuntura começou a se dissipar apenas a partir do terceiro trimestre”, observa o presidente do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), Oscar Ló. “A partir daí, os espumantes e os sucos, produtos em que temos maior competitividade, já estavam com vendas melhores que em 2016, mas foram os últimos três meses do ano que recuperamos os resultados de fato”, complementa o dirigente.

No ano passado, 32% do total das comercializações foram efetivadas entre outubro e dezembro. Marcio Ferrari, vice-presidente do Ibravin, observa que, a partir da metade do ano, com o ingresso dos produtos elaborados a partir da nova safra – recorde histórico no Rio Grande do Sul, com 753 milhões de quilos – houve um arrefecimento nos custos e, por consequência, nos preços ofertados ao consumidor, assim como uma melhoria na perspectiva econômica no país. Com o resultado, no mercado doméstico, os rótulos nacionais mantiveram a participação de 61,5% nas vendas de vinhos e de 71% nos espumantes.

Somando as vendas dos produtos brasileiros com os volumes de importação, o mercado de vinhos ampliou em 13%. No ano passado, ingressaram no país aproximadamente 125,8 milhões de litros de vinhos e espumantes, representando alta de 36,6% ante 2016. O suco de uva, por sua vez, recuou 18,7%, com o ingresso de 226,5 mil litros.

Para esse ano, a perspectiva é de ampliação dos resultados positivos iniciados no último trimestre de 2017 devido à normalização dos estoques e aos produtos elaborados a partir da safra 2018, considerada de excelência em qualidade. Entretanto, para ampliar a competitividade mercadológica, o setor trabalha pela retirada do vinho do regime de Substituição Tributária (ST). Os estados da Bahia, Pernambuco, Goiás, Maranhão e Pará já retiraram o mecanismo da ST para os vinhos.

Dados de destaque:

– No mercado interno o setor vitivinícola ampliou as vendas em 5,67%.
– Na categoria de vinhos tranquilos, que ficou com alta de 2,19% no ano, a retomada da comercialização ocorreu no último trimestre. Entre outubro e dezembro as vendas cresceram 32% na comparação com o mesmo período do ano anterior.
– A participação de mercado dos rótulos nacionais de vinhos tranquilos ficou em 61,5%.

Desempenho comercial.jpg

Fonte: Assessoria de Imprensa Ibravin

12 restaurantes para você se deliciar no Vale dos Vinhedos

Untitled-design (2).jpg

Apresentamos a vocês hoje 12 opções de restaurantes (+ 2 bônus) que carregam em sua essência as influências da colonização italiana, e que oferecem aos clientes experiências muito interessantes e verdadeiras no Vale dos Vinhedos. Um resumo rápido, dicas quentes, uma fotinha pra dar água na boca e o link pro Facebook pra você curtir e saber mais.

Alitalia2.jpg
Alitália Posto Per Mangiare. Foto de Bruno Milan.

ALITÁLIA POSTO PER MANGIARE: Localizado na Linha 15 da Graciema, é aquele típico restaurante que quando você chega, se sente em casa. No cardápio (de Buffet das 12h às 14h ou a La carte das 12h às 17h), menu inspirado no típico italiano coordenado pela Mari, que é uma figura muito querida. Se der sorte vai achar ela fazendo geleia nos fundos da casa… A especialidade do restaurante é o omelete calzone, de vários sabores. Entrou na carta de atrações do Vale há pouco tempo e já se modernizou: também oferece tábuas de frios para serem degustadas no jardim. Novidade quente!
https://www.facebook.com/Alitália-Posto-Per-Mangiare-369177433258954

Engenho do Vale
Engenho do Vale. Foto: Divulgação.

RESTAURANTE ENGENHO DO VALE: o Engenho do Vale já é conhecido pela loja de vinhos, antiquário e pelos móveis rústicos belíssimos. Agora a família resolveu ampliar a carta de ofertas e, no mesmo espaço em meio a uma quantidade enorme de antiguidades, também oferece almoço típico colonial italiano. Galeto, massa, polenta e queijinho frito, saladas de radicci, maionese de batata, sopinha de capeletti, uma fartura só… Deu fome só de escrever. A dica é aproveitar também a bela vista do deck aos fundos da loja de vinhos, onde também é possível degustar tábuas de frios, espumante geladinho a preço promocional. O complexo atende diariamente das 09h às 18h, e o restaurante atende das 12h às 15h.
https://www.facebook.com/complexoengenhodovale

Giordani
Giordani Gastronomia Cultural: Foto de Eduardo Benini.

GIORDANI GASTRONOMIA CULTURAL: Construído com madeira de antigas pipas de vinho, esse restaurante também tem menu inspirado no típico italiano. Se você quer comer massa caseira (uma variedade assustadora), esse é o local. É bem fácil de perder as contas de quantos tipos de massa e molho passam pela mesa. Sem falar nos complementos nada básicos de saladas variadas, polenta, queijo e grelhados. Ah… E tem sopa de capeletti, sobremesas, café, chá e cachacinhas artesanais pra ajudar na digestão. Ufa! De comer tudo de joelho. A dica é aproveitar para conhecer o pequeno armazém de produtos regionais e o deck da cervejaria Valle Bier, que fica do ladinho do restaurante. O atendimento é de terça a domingo, das 11h30min às 15h.
https://www.facebook.com/giordanigastronomiacultural

 

videiras
Restaurante Videiras 1535. Foto: Divulgação.

Videiras 1535: O restaurante Videiras 1535 oferece a maravilhosa sequência típica italiana. Sopa de capeletti, polenta, saladas são só (SÓ?) para abrir o apetite. As massas com sabor caseiro e os risotos complementam o cardápio, onde a grande atração são as carnes e filés. Oferecem, dentre outras opções, picanha de cordeiro e costela uruguaia. Fica localizado ao ladinho da Vinícola Dom Cândido, dentro de uma antiga adega da vinícola, com mesas nos locais exatos onde antigamente milhares de garrafas de vinho descansavam antes de irem ao mercado. O ambiente é muito legal e peculiar.  Ah! E você também pode harmonizar a sua refeição com vinhos da Dom Cândido.
http://www.restaurantevideiras1535.com.br

 

Mamma Gema
Trattoria Mamma Gema. Foto: Divulgação.

MAMMA GEMA TRATTORIA: Um dos mais tradicionais e sofisticados restaurantes da região, digno de programação da Globo (seu chef já foi homenageado no programa Estrelas do Brasil da Angélica), o Mamma Gema oferece um menu que teve como inspiração o típico italiano. As saladas, polenta, risotos, massas e carnes ofertadas, possuem um toque do chef, com molhos e recheios especiais. A carta de vinhos é fantástica e o ambiente super aconchegante. Oferece tanto rodízio quanto a La carte, de terça a domingo, das 11h30min às 15h30min. A dica é ficar de olho na programação de “cozinha ao vivo”, onde você pode almoçar no jardim vendo o chef Pessali cozinhar: acontece normalmente na primavera e no verão, aos finais de semana.
https://www.facebook.com/trattoriamammagema/

Osteria.jpg
Osteria Del Valle. Foto: Divulgação.

OSTERIA DEL VALLE: Um dos mais jovens restaurantes do Vale, a Osteria Del Valle também fez uma releitura do cardápio típico italiano. O chef Álvaro da Silva apresenta a Cucina di Fusione, que une a tradição com ingredientes que inovam e surpreendem. Quer um exemplo? Vamos lá: que tal sopa de capeletti de pato? Ou ainda um confit de carne de porco? Ou que tal um sorrentino de rabada com molho de vinho? Quer entender melhor? Só indo lá e participando da experiência. Atende de terça a domingo, das 11h às 16h. Sexta e sábado também das 19h às 22h30min.
https://www.facebook.com/osteriadelvalle/

Dona Carolina.jpg
Dona Carolina. Foto: Divulgação.

RESTAURANTE DONA CAROLINA: Um charme só! Só o ambiente vale a visita (dentro de um castelo de pedra), mas se quiser ter uma experiência inesquecível, aproveite do cardápio super variado de peixes, massas, saladas, sobremesas (são incríveis), filés, sopas, risotos… Tem uma proposta muito legal de não fritar, mas sim cozinhar no forno sem gordura. É ideal para quem quer dar um tempo no típico italiano e mesmo assim quer comer bem. Atende para jantar, de terça a domingo, das 19h30min às 22h30min.
https://www.facebook.com/restaurantedonacarolina/

casa-valduga
Restaurante Maria Valduga. Foto: Divulgação.

RESTAURANTE MARIA VALDUGA: Localizado dentro da renomada Casa Valduga, o Maria Valduga também é um restaurante que oferece o típico colonial italiano, com sopa de capeletti, saladas diversas, massas, galeto e muito mais. Sua proposta é mais sofisticada e sua carta de vinhos é toda da Casa Valduga. O grande diferencial é a possibilidade de, mediante consulta antecipada, participar de almoços ou jantares harmonizados. Este restaurante atende de terça a domingo, das 12h às 15h. Faz parte do grupo também o Restaurante Casa Madeira, que é um dos poucos restaurantes que servem nhoque de batata doce e o único que serve codorna ao molho de vinho por aqui. Este atende de quarta a segunda, das 12h às 15h.
www.casavalduga.com.br

Sborneas.jpg
Restaurante Sbornea`s. Foto: Divulgação.

RESTAURANTE SBORNEA`S: O Sbornea`s talvez seja um dos primeiros restaurantes a surgirem no Vale. Oferece o típico colonial italiano servido a vontade na mesa e no rodízio (também no a La carte), com sopa de capeletti, massas, saladas, polenta, queijo frito e tudo mais. Aqui servem o galeto ao primo canto, que é aquele galeto pequenininho, e o recheio (pien que está na frente na foto). E também aquela massa que vem dentro de uma forma enorme de queijo. E a noite o famoso rodízio de panquecas que nunca vi em nenhuma outra cidade. Único e super saboroso, oferece uma variedade incrível de panquecas doces e salgadas no sistema de rodízio. Atende de quarta a segunda, das 11h30min às 15h. E de quarta a sábado as panquecas no jantar, das 19h às 22h30min.
https://www.facebook.com/sborneas/

Vallontano 4
Risoteria e Café Vallontano. Foto: Divulgação.

RISOTERIA E CAFÉ VALLONTANO: Como o próprio nome já diz, o Vallontano é especializado em risotos, mas possui também em seu cardápio sobremesas incríveis, cafés, saladas, sopas, carnes, opção kids e outros. Fica localizado junto ao varejo da Vallontano Vinhos Nobres, o que oportuniza degustar os vinhos e espumantes da vinícola enquanto a equipe da casa prepara o seu prato. O cardápio também oferece ao lado de cada prato, uma sugestão de harmonização com os vinhos da casa, que você pode adquirir em garrafas ou por taça. Os diferenciais da casa (sim, tem mais): tem um deck onde você pode fazer a refeição de frente para os parreirais da vinícola; atende das 11h às 17h, caso queira almoçar mais tarde e, por último: é mega, hiper, ultra pet friendly. O seu melhor amigo aqui é tratado como um rei: deita no tapetinho, com direito a brinquedinhos, água fresca e ração de primeira. Atende de terça a domingo.

https://www.facebook.com/VallontanoCafe/

Nonna Metilde.jpg
Ristorante Nonna Metilde. Foto: Divulgação.

RISTORANTE NONNA METILDE: lá em Monte Belo do Sul, no final da rota Vale dos Vinhedos, uma cidade bem pequena de interior que vale a pena conhecer. Em frente a prefeitura, o Nonna Metilde é o principal restaurante da cidade, por isso atende diariamente (das 11h30min às 14h) com duas opções: a gastronomia típica da colonização italiana servida a vontade na mesa , acompanhada pelo vinho da casa, e o Buffet de comidinhas do dia a dia (arroz, feijão, salada, massa e carne por exemplo). Atende dentro de um porão rústico de pedra, ambiente bem peculiar e colonial.
https://www.facebook.com/nonnametilde/

Igor Guedes Fotografia
Valle Rustico Restaurante. Foto: Divulgação.

VALLE RUSTICO RESTAURANTE: localizado em uma estradinha do interior, no meio da natureza, o Valle Rustico é bastante peculiar: pequeno e no coração de uma mini fazenda cheia de animaizinhos. Adepto do Slow Food e liderado pelo Chef Rodrigo Bellora, valoriza o alimento que a mãe natureza oferece de acordo com cada estação do ano. A maioria dos ingredientes é cultivado na propriedade ou adquirido de produtores locais que tenham a mesma filosofia. Por valorizar a natureza, o menu degustação se altera de acordo com a disponibilidade de ingredientes, que são trabalhados no intuito de valorizar suas características. Oferece a opção de menu harmonizado com vinhos da região, para ser degustado sem pressa. Atende para jantar de quarta a sábado, das 19h30min às 22h e no domingo das 11h às 14h30min.
https://www.facebook.com/vallerustico/

BÔNUS BÔNUS BÔNUS BÔNUS BÔNUS BÔNUS BÔNUS BÔNUS BÔNUS BÔNUS BÔNUS

Pizza entr vinhos
Pizzaentrevinhos. Foto: Divulgação

PIZZAENTREVINHOS: atende no andar de baixo do Trattoria Mamma Gema e oferece pizzas super recheadas com massa fina deliciosa no a La carte. São servidas em meio as estantes da adega, e você escolhe o seu vinho diretamente da prateleira. Atente de terça a sábado, das 19h às 22h30min.
https://www.facebook.com/pizzaentrevinhos/

cropped-fireplace.jpg
Spa do Vinho. Foto: Divulgação.

SPA DO VINHO: o Hotel & Spa do Vinho possui três restaurantes. O Leopoldina, com gastronomia internacional com sabores brasileiros. A Trattoria Damiagiana, que fica no topo do hotel e tem uma vista espetacular do Vale. Atende eventos particulares também. E o Bistrô Sabrage, com menu de comida caseira, lanches mais rápidos, bebidas típicas brasileiras, em ambiente descontraído. Possui uma adega incrível repleta de opções, além de programação de jantares harmonizados, cursos de degustação, harmonização do pôr do sol, brunch e muito mais. Atendimento diário.
https://www.marriott.com.br/hotels/hotel-information/restaurant/bgvak-hotel-and-spa-do-vinho-autograph-collection/

Só de ler deu pra engordar alguns quilinhos né? Mas pensa só: a gastronomia é uma das experiências das quais mais guardamos recordações. Seja ela pela companhia com quem desfrutamos, pelo vinho que bebemos, ou pelos sabores que experimentamos. Então vale a pena qualquer quilo adquirido se for proveniente de comidas feitas com carinho e qualidade.

Experimente e divida com a gente a sua impressão: contato@valedosvinhedos.com.br

 

Serra Gaúcha é destaque no programa “Estrelas do Brasil”

Divulgacão.jpg

Apresentado por Angélica, a nova temporada do programa “Estrelas do Brasil”, da Rede Globo, se passa no Rio Grande do Sul. Ao todo, são cinco episódios. O primeiro, que foi ao ar no sábado de Carnaval, dia 10, trouxe Garibaldi e Bento Gonçalves como destaques.

O episódio iniciou na estação férrea da Maria Fumaça, com a apresentação de um coral típico italiano. Em seguida o cenário da Villa Fitarelli foi destaque junto ao seu idealizador, Luiz Henrique Fitarelli, e do chef de cozinha Altemir Pessali, respeitado nome da culinária da Serra.

Pessali já atuou como jogador de futebol e, mais tarde, decidiu se dedicar à gastronomia. Hoje é sócio dos Restaurantes Primo Camilo (Garibaldi), Trattoria Mamma Gema e PizzaEntreVinhos (Vale dos Vinhedos – Bento Gonçalves). No programa do último sábado, a apresentadora contou com participações de Rafael Vitti, Felipe Simas e Carol Barcellos que também conheceram as belezas do Parque de Aventuras Gasper, na Rota Rural Encantos de Eulália, em Bento Gonçalves.

As gravações do programa foram realizadas em dezembro e o Rio Grande do Sul será destaque ainda por mais alguns programas. O “Estrelas do Brasil” vai ao ar aos sábados, às 13h45min, na TV Globo.

Foto: Divulgação
Informações: Prefeitura Municipal de Garibaldi

Vale dos Vinhedos supera expectativas em 2017

La Vigna Especialidades Regionais por Naiára Martini

Ao contrário do projetado ao longo do ano, que esperava considerável diminuição no número de visitantes, a rota de enoturismo bateu mais um recorde e superou expectativas em 2017.

Em plena época de colheita da uva, momento de muita alegria para vinicultores, viticultores, comunidade e visitantes, o Vale dos Vinhedos contabiliza mais um recorde no número de turistas recebidos. Em 2017 a rota de enoturismo superou a marca de 2016, atingindo o número de 415.957 visitantes. Em 2016 o Vale dos Vinhedos recebeu 410 mil visitantes, o que representa um aumento de 2%. Os dados contabilizados pela Associação dos Produtores de Vinhos Finos do Vale dos Vinhedos – Aprovale superam as projeções realizadas ao longo do ano pela entidade, que esperava alcançar a marca de 400 mil visitantes.

A medição de fluxo turístico é realizada em pontos estratégicos do Vale dos Vinhedos: empreendimentos abertos a visitação turística – vinícolas e agroindústrias, e no Centro de Atendimento ao Turista do Vale dos Vinhedos, que além de contabilizar o número de pessoas, traça o perfil do visitante que passeia pela região.

Miolo Wine Group por Naiára MartiniSegundo os dados coletados, o perfil se mantém conforme os anos anteriores: a maioria casais ou famílias, provenientes na maior parte de cidades do Rio Grande do Sul, seguido de cidades dos estados de São Paulo, Santa Catarina, Rio de Janeiro e Paraná. Em relação aos visitantes estrangeiros, assumem a lista os argentinos e uruguaios. A maioria continua utilizando a região como local de passagem, ou seja, permanecem apenas um dia visitando o Vale dos Vinhedos e atrativos de Bento Gonçalves e se hospedam em outras cidades, como Gramado e Canela. Mesmo assim ocorreu aumento no número de pessoas que permanecem mais de um dia na região em relação ao ano de 2016. A utilização de imóveis alugados como opção de hospedagem foi outro destaque da pesquisa.

Os meses de inverno (junho, julho e agosto) continuam sendo os mais movimentados do ano. Somente neste período o Vale dos Vinhedos recebeu aproximadamente 137 mil visitantes. Em seguida vem o período de Vindima, que recebeu cerca de 80 mil visitantes. Mas o mês de dezembro foi o grande responsável pela superação da marca esperada: foram 10 mil visitantes a mais do que 2016, principalmente acumulados no período de festas, em que o roteiro ofereceu diversas opções de pacotes diferenciados em hotéis e pousadas, e já se preparava para a colheita da uva com atrações diferenciadas nas vinícolas.

Segundo Márcio Brandelli, presidente da Aprovale, as dificuldades do mercado foram superadas com o enoturismo: “Mais um ano o Vale vem superando as dificuldades do mercado, e foi o turismo local que deu resultados positivos para todos os empreendedores. É necessário que continuemos com este foco do bem receber e investindo em infraestrutura para o turismo local se fortalecer cada vez mais.”.

2017 foi ano de investimento em infraestrutura

Siga você está no Vale por Naiára Martini (6).jpg2017 foi marcado por grandes projetos em infraestrutura no Vale dos Vinhedos, o que contribuiu para a qualificação do turismo local. Mediante a mobilização da Aprovale, poder público e entidades locais, a recuperação da RS 444 pelo DAER com apoio da Secretaria dos Transportes do Estado do Rio Grande do Sul foi uma das grandes conquistas. A renovação da sinalização turística padrão Vale dos Vinhedos com patrocínio da rede de cartões ELO e a instalação de mapas turísticos em empreendimentos da rota com patrocínio Sicredi, foram alguns dos projetos captados pela Aprovale que completaram a infraestrutura local.

Os esforços continuam em 2018 na defesa de inúmeros projetos, dentre eles a Ciclovia Vale dos Vinhedos, a Zona Franca Vale dos Vinhedos para Vinhos Brasileiros, a padronização da sinalização turística com colocação de novas placas, o pórtico de acesso ao roteiro, dentre outros.

Fotos: Naiára Martini