Atrativos do Vale dos Vinhedos integram programação do Dia do Vinho

Dia do VinhoDe 19 de maio a 04 de junho visitantes e moradores locais poderão homenagear uma das bebidas mais amadas do Rio Grande do Sul, o vinho, em programações diferenciadas.

O Dia Nacional do Vinho é oficialmente comemorado no primeiro domingo de junho. Para celebrar esta data e toda a simbologia da bebida que tornou a Serra Gaúcha conhecida mundialmente, cinco municípios se integram para oferecer uma semana intensa de programações entorno a bebida dos deuses. Em mais de 200 ações, algumas delas realizadas no Vale dos Vinhedos, moradores locais e turistas poderão deliciar-se com eventos temáticos e programações voltadas ao mundo do vinho.

O Vale dos Vinhedos, região responsável pela elaboração de 17% dos vinhos finos e 12% dos espumantes nacionais , também comemora esta data especial com uma série de programações no período de 19 de maio a 04 de junho.

Além das visitas tradicionalmente realizadas na rota de enoturismo mais visitada do Brasil, destacam-se alguns eventos diferenciados. A tradicional Wine Run, meia maratona em meio às paisagens do Vale, será realizada no dia 20 de maio. Na noite do dia 20 de maio, a Festa Polenta & Vin, tornam a polenta e o vinho atrações especiais. Também tradicional, o Filó do Vinho no Hotel Villa Michelon acontecerá no dia 03 de junho na Casa do Filó.

A novidade deste ano é o evento Winery & Food, que acontecerá nos jardins da Cave de Pedra também em comemoração aos 20 anos da vinícola. Degustação de vinhos e venda com descontos especiais, música ambiente e food truck são algumas atrações do evento que será realizado no dia 03 de junho.

Oficinas gastronômicas, taças de vinho cortesia na refeição, drinks com vinho e espumante, drink truck,cursos de degustação e harmonização, passeios culturais, jantares harmonizados, degustações verticais e muito mais te esperam no Vale dos Vinhedos durante a programação do Dia do Vinho 2017.

A programação do Vale dos Vinhedos pode ser acessada em www.valedosvinhedos.wordpress.com/diadovinho

E a programação completa do evento pode ser acessada em: www.diadovinho.com.br

O Dia do Vinho é realizado pelo SEGH, IBRAVIN, Vinhos do Brasil e Governo do Estado do RS, com apoio de municípios e regiões produtoras de vinho. Patrocínio da Veralia.

MasterChef coloca vinho brasileiro em evidência na primeira prova externa

Time vermelho - Crédito Carlos Reinis, BandEpisódio gravado na Serra Gaúcha, com degustação de vinhos no Vale dos Vinhedos, teve como mote a harmonização de pratos com três rótulos verde-amarelos. Em passagem pela região, apresentadora e chefs-jurados do talent show elogiaram a produção nacional.

Um dos programas de entretenimento mais prestigiados e com maior índice de audiência da televisão brasileira mostrou na noite de terça (4) a qualidade e a diversidade da vitivinicultura nacional. O MasterChef Brasil exibiu, pela Band, a primeira prova coletiva fora do estúdio desta quarta temporada. E o local não poderia ser mais apropriado para elaboração de um menu harmonizado: os vinhedos da Serra Gaúcha, região responsável por cerca de 90% da produção no país.

Com articulação do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), o episódio gravado nos dias 4, 5 e 6 de março, levou aos municípios de Bento Gonçalves, Farroupilha e Pinto Bandeira os 20 competidores, os chefs-jurados Henrique Fogaça, Paola Carosella e Érick Jacquin, a apresentadora Ana Paula Padrão, além de ex-participante, diretores e equipe técnica do talent show, que, juntos, somavam aproximadamente 80 pessoas.

Os chefs amadores tiveram como desafio o preparo de pratos que evocassem as culinárias italiana e alemã e que deveriam ser harmonizados com três rótulos verde-amarelos. Nos cardápios elaborados pelos times azul e vermelho para 80 convidados, o espumante Brut 130, da Casa Valduga, do Vale dos Vinhedos, acompanhou a entrada; o vinho tinto Reserva Merlot, da Vinícola Aurora, associada a Aprovale, o prato principal; e o espumante moscatel rosé Aquarela, da Casa Perini, a sobremesa. A trinca foi responsável por representar as regiões produtoras brasileiras e as mais de mil vinícolas existentes em todo território nacional. Atualmente, no país, cerca de 100 mil pessoas estão envolvidas com o setor.

Convidados - Crédito Carlos Reinis, BandOs vinhos utilizados na prova mostraram a pluralidade e versatilidade da vitivinicultura nacional: o espumante, que em sua categoria detém a preferência de consumo no mercado interno e é cartão de visitas internacional da produção brasileira; o tinto da variedade Merlot, considerada emblemática e uma das com a melhor adaptação ao terroir do país; e o Moscatel, outro produto de excelência e de crescente aceitação entre os consumidores dentro e fora do Brasil.

“Fazia cinco anos que não vinha para cá. Estou impressionada com a qualidade dos vinhos e da gastronomia. A cultura do vinho é muito pronunciada em toda a região”, revelou entre os intervalos das gravações a apresentadora do MasterChef Brasil, Ana Paula Padrão.

Para retratar a vitivinicultura nacional aos telespectadores do talent show, Ana Paula entrevistou o sommelier Maurício Roloff e os enólogos André Peres Jr, Eduardo Valduga e Franco Perini. O quarteto também foi incumbido de apresentar aos 20 competidores os rótulos da prova e dar dicas de como harmonizá-los com ingredientes da gastronomia típica da região. “A pessoa que tomou o vinho brasileiro há 10 ou 30 anos guarda na memória que o vinho brasileiro não era tudo isso, que talvez valesse a pena comprar vinhos importados. Hoje o vinho brasileiro é moderno, é fácil de beber, é fácil de combinar, tem muita diversidade”, disse em rede nacional o sommelier Maurício Roloff, que representou o Ibravin na ocasião.

Para o gerente de Promoção do Ibravin, Diego Bertolini, o respaldo conquistado é reflexo deTime azul - Crédito Carlos Reinis, Band investimentos e aprimoramento do setor, além de reconhecimentos nacionais e internacionais conquistados ano após ano. Só na última década foram mais de 2,5 mil condecorações em concursos no Exterior. “A repercussão do programa está sendo muito positiva, destacando e valorizando para todo o país a qualidade dos nossos produtos. A prova utilizou insumos locais e descomplicou a harmonização dos vinhos e espumantes, aproximando-os do consumidor, além de reforçar o enoturismo e a gastronomia da região”, avalia Bertolini.

Além do episódio gravado no interior do Rio Grande do Sul, os vinhos estarão presentes em toda quarta temporada de MasterChef Brasil. Uma adega instalada junto ao mercado utilizado nas provas pelos competidores, oferecerá diferentes variedades de rótulos para aproveitamento nas receitas.

Para conferir o programa na íntegra, basta acessar a página do MasterChef no YouTube: https://www.youtube.com/playlist?list=PL7HLCnqzgei8w0BZoPLxaoJYRjT_gIDPm

Fotos: Carlos Reinis / Band

Vinho brasileiro será tema da primeira prova fora do estúdio de MasterChef

Convidados - Crédito Carlos Reinis, BandEpisódio gravado em municípios da Serra Gaúcha será exibido na próxima terça-feira, 4 de abril. Três rótulos verde-amarelos, dentre eles vinícolas do Vale dos Vinhedos, representarão a diversidade da vitivinicultura nacional

Os fãs da vitivinicultura brasileira terão motivos especiais para assistir o próximo episódio de MasterChef Brasil. Na noite de terça-feira, 4 de abril, irá ao ar a primeira prova coletiva fora do estúdio desta temporada. E o local não podia ser mais apropriado para elaboração de um menu harmonizado: os vinhedos da Serra Gaúcha, região responsável por cerca de 90% da produção nacional.

Ana Paula Padrão, Henrique Fogaça, Paola Carosella e Erick Jacquin - Crédito Carlos Reinis, BandGravada nos municípios de Bento Gonçalves, Farroupilha e Pinto Bandeira, no interior do Rio Grande do Sul, a prova desafiará os 20 competidores a prepararem pratos típicos italianos e alemães, que deverão ser acompanhados com rótulos verde-amarelos. Três vinícolas serão as responsáveis por representar a diversidade e qualidade da vitivinicultura nacional no maior talento show da televisão brasileira: Aurora, Casa Perini e Casa Valduga.

E claro que o Vale dos Vinhedos não ficou de fora desta atração. A Casa Valduga possui sua sede no coração do Vale dos Vinhedos e a Cooperativa Vinícola Aurora, além de ser associada a Aprovale, possui inúmeros cooperados no Vale. Ambas terão seus vinhos como estrelas do programa.

Time vermelho - Crédito Carlos Reinis, Band

Nos episódios dos dias 14 e 21 de março, o programa deu os primeiros sinais de que a bebida de Baco estaria presente nesta temporada. As paisagens de vinhedos e de uma prova coletiva, junto com a narração da Ana Paula Padrão informando sobre a gravação de um episódio em uma “típica vinícola gaúcha” deram as dicas iniciais da novidade. Também, no início do mês, os jurados da atração, Henrique Fogaça, Paola Carosella e Erick Jacquin, postaram fotos em locais da Serra Gaúcha.

Time azul - Crédito Carlos Reinis, Band

No programa de ontem (28) foi possível ter mais detalhes de como será a prova entre os times azul e o vermelho. O grupo irá preparar um almoço para 80 “exigentes” convidados. Assista a última parte do episódio na íntegra: https://youtu.be/VDB4_fLeo3Y

O MasterChef é transmitido pela Band às terças-feiras, às 22h30min, com exibição simultânea no site e no aplicativo da emissora para smartphones, sendo também reproduzido pelo Discovery Home & Health, nas sextas, às 19h20min, com reapresentação aos domingos às 21h45min.

FOTOS
Crédito: Carlos Reinis/Band

Chegada do Outono é saudada com Passeio Ciclístico no Vale dos Vinhedos

passeio-cicl-a-stico
Bicicletas percorrerão trajeto alternativo para dar boas-vindas à nova estação no dia 2 de abril

Roteiro Enoturístico mais famoso do Brasil, o Vale dos Vinhedos tem suas paisagens renovadas a cada troca de estação. Com a chegada do outono, novas cores vão tomando conta de cada curva das estradas, cercadas por vinícolas, restaurantes e hotéis. Para dar boas-vindas à estação, o Hotel Villa Michelon e a Jamar Cia do Esporte realizam o seu tradicional Passeio Ciclístico de Outono, inovando, pela segunda vez, no trajeto. O evento ocorre no domingo, 2 de abril, a partir das 9h.

Partindo da sede da Aprovale, no Km 14,85, RS 444, e chegando ao Hotel Villa Michelon, em frente à Casa do Filó, o Passeio Ciclístico percorre a Garibaldina e a estrada da Linha Baú, com dois pit-stops ao longo dos 5,2km: uma na Gruta Nossa Senhora de Lourdes e outra em um bucólico recuo do trajeto. O percurso, inaugurado no Passeio Ciclístico de Primavera, tem duração média de 1h30min e requer olhares atentos: em cada novo quilômetro percorrido, paisagens são descobertas, carregando a riqueza que somente localidades como o roteiro podem proporcionar.

A exemplo das edições anteriores, haverá sorteio de bicicleta e diárias no Hotel Villa Michelon, além de outros brindes. As premiações para a família mais numerosa, ciclista mais idoso, ciclista mais jovem e bicicleta mais incrementada ocorrerão ao final do Passeio Ciclístico, que também traz como novidade este ano alusão aos 50 anos da I Fenavinho.

As inscrições podem ser realizadas por telefone no Hotel Villa Michelon, na Aprovale, na Jamar Cia do Esporte ou no local da concentração. Elas são gratuitas.

Serviço
Evento: Passeio Ciclístico de Outono 2017
Data: 2 de abril. Em caso de mau tempo, será transferido para o dia 9 de abril.
Horário: 9h
Concentração: Aprovale (Km 14,85 – RS 444 – Estrada do Vinho – Vale dos Vinhedos)
Chegada: Hotel Villa Michelon
Realização: Hotel Villa Michelon e Jamar Cia do Esporte

Inscrições antecipadas:
Hotel Villa Michelon – 54.2102.1800
Aprovale – 54.3451.9601
Jamar Cia do Esporte – 54.3451.2675
Inscrições no local: em frente à Aprovale

Wine Run Vale dos Vinhedos com inscrições abertas

wine-run2Mais de 600 atletas já se inscreveram na sexta edição da prova, que acontecerá no dia 20 de maio. Vagas são limitadas a 1000 corredores

Uma meia maratona dedicada àqueles que amam a bebida dos deuses: o vinho. Essa é a proposta da já tradicional Wine Run, que será realizada mais uma vez no Vale dos Vinhedos, no dia 20 de maio de 2017.

Além da corrida em meio às belas paisagens do roteiro, a meia maratona conta com diversas atrações, unindo a paixão pelo vinho, pelo esporte, pela natureza e pela cultura local.

Repetindo o sucesso das edições anteriores, as inscrições estão praticamente esgotadas, consolidando o evento no calendário anual do Vale dos Vinhedos. Já são mais de 600 inscritos provenientes de diversas regiões do Brasil.

A prova equivale a uma meia maratona, que pode ser disputada de forma individual ou em revezamento em dupla. As categorias são variadas: individual geral e por idade, tanto no masculino quanto no feminino e dupla geral, masculino, feminino e mista. São 21 km em meio a terrenos variados. Asfalto, paralelepípedo, estradas de terra bordadas por parreirais, subidas e descidas são o grande desafio da prova, que terá largada junto ao Varejo da Vinícola Gran Legado, no coração do Vale. O tempo limite de prova é de quatro horas.

wine-run

Mas as atrações não se restringem a prova em si. Para aqueles que têm interesse em conhecer a gastronomia local, na véspera do evento, após a entrega do kit do atleta, está programado um jantar das massas como opcional. No dia da prova, ônibus estarão à disposição para translado dos atletas entre o hotel oficial e o ponto da largada. No ponto de chagada, depois de percorrer os 21 km, um prêmio merecido: a Festa do Espumante, com degustação da bebida e uma estrutura de recepção dos atletas com Buffet, música e apresentações culturais regionais. Ali também será realizada a cerimônia de premiação de todas as categorias.

Como opcional aos participantes do evento, também serão vendidos passeios pela região: Maria Fumaça, visitas guiadas as vinícolas e cicloturismo estão entre as opções.

Para saber mais sobre a prova e realizar sua inscrição, acesse o site da Wine Run: www.winerun.com.br

SERVIÇO
O que: Wine Run Vale dos Vinhedos
Quando: 20 de maio de 2017
Horário: largada prevista para as 09h. Retirada do kit do atleta no dia 19, das 15h às 21h
Local de largada: Varejo Gran Legado – Vale dos Vinhedos
Quilometragem: 21 km – meia maratona
Categorias: Individual ou dupla
Valor: a partir de R$ 160 (verificar disponibilidade de lotes)
Informações: www.winerun.com.br

Uma ‘Colheita Noturna’ com lua cheia

noticias-download1923Experiência poderá ser vivida por turistas na Vinhos Larentis, no Vale dos Vinhedos

Colher uvas é sempre uma vivência inesquecível. Caminhar entre os vinhedos, sentir o cheiro das uvas, o colorido e tamanho dos cachos são ensaios que se repetem a cada safra, sempre de janeiro a março. Imagina, então, fazer isso tudo à noite, tendo a lua como testemunha. Esta experiência é oferecida pela Vinhos Larentis, no Vale dos Vinhedos, com a Colheita Noturna, que neste ano acontecerá em duas datas: 11 de fevereiro e 4 de março.

No dia 11 de fevereiro, a atração ganhará ainda mais destaque com a presença da lua cheia, que deverá iluminar o vinhedo, emprestando ainda mais exclusividade e beleza ao momento reservado para um grupo limitado de 30 pessoas. Neste dia, a programação inicia às 19h. Recepcionados pelo enólogo André Larentis com uma taça de espumante, os participantes seguem para uma visita guiada à vinícola com degustação de vinhos, incluindo o ícone Mérito. Depois de provarem na taça a particularidade dos vinhos Larentis, o grupo recebe instruções para a colheita, recebendo acessórios como lanternas afixadas na cabeça e tesouras, além de aventais.

Quando o sol se esconde atrás dos vales, cedendo espaço para a lua, é chegada a hora de dar início a Colheita Noturna. Guiados pela luz das lanternas e pelo luar, os turistas vão colhendo os cachos numa experiência que transborda os sentidos. As uvas são cuidadosamente depositadas em caixas para, posteriormente, serem processadas e, assim, darem origem ao vinho da Colheita Noturna. Cada participante recebe, no ano seguinte, uma garrafa desse vinho, podendo adquirir mais unidades, disponibilizadas com exclusividade para quem fez parte desse dia. A programação encerra com um jantar que inclui tábua de frios com um prato quente italiano regado a vinhos Larentis.

A Colheita Noturna do dia 4 de março terá início às 18h. Para ambos os dias, as vagas são limitadas a 30 pessoas por colheita e o valor é de R$ 200,00 por pessoa. Em caso de mau tempo o evento será transferido. As inscrições podem ser feitas pelo e-mail larentis@larentis.com.br ou pelo telefone (54) 3453.6469.

O atrativo enoturístico é oferecido pela Larentis desde a vindima de 2013. De lá para cá, a experiência se repete todos os anos no mesmo período, permitindo que apreciadores do mundo do vinho possam viver a colheita da uva, sentir e degustar a fruta e os produtos que dela se originam como suco de uva, vinhos e espumantes.

SERVIÇO
Evento: Colheita Noturna
Local: Vinhos Larentis, Vale dos Vinhedos
Datas: 11 de fevereiro, às 19h e 4 de março, às 18h
Valor: R$ 200 por pessoa
Vagas limitadas: 30 pessoas
Inscrições: larentis@larentis.com.br ou (54) 3453.6469

Vindima no Vale dos Vinhedos: trabalho, dedicação e alegria na colheita da uva

cropped-02.jpgFoto: Acervo Miolo Wine Group

Chegamos ao verão, estação sinônimo de férias e descanso para muitos. No Vale dos Vinhedos é a estação da colheita literal de nossos frutos. É quando alcançamos o momento mais glorioso e também do trabalho mais árduo: a Vindima.

Durante o ano, produtores rurais, enólogos e suas equipes esforçam-se incansavelmente para que as videiras cumpram seus ciclos em cada estação. Outono, inverno e primavera têm papel fundamental no desenvolvimento das videiras e frutos. Neste processo evolutivo, a natureza e o homem se aliam para originar aquelas que são o motivo do Vale dos Vinhedos existir: as uvas.

O ápice de todo este esforço acontece no verão, quando as diversas variedades que originam vinhos de características únicas, são colhidas pela comunidade e pelos viticultores do Vale.

cropped-03.jpgFoto: Gilmar Gomes – Acervo Aprovale

Ao mesmo tempo que o trabalho de colheita é realizado, o espírito da Vindima toma conta dos nossos ares como que por magia: aromas adocicados pairam no ar, as paisagens mudam suas tonalidades alternando as cores das videiras e uvas com os chapéus de palha dos trabalhadores, a temperatura instiga a viver experiências junto a natureza e até mesmo o som dos tratores nos traz a nostalgia de tempos passados. A alegria toma conta até mesmo daqueles que não trabalham diretamente com a colheita: recepcionistas, garçons, camareiras, artesãos. Todos são contagiados pelo espírito de renovação da Vindima, em um mesmo clima de comemoração e de recomeço.

Por aqui, não apenas um ano novo se inicia. É uma nova safra, com novos e únicos vinhos e espumantes que trazem consigo a herança de nossos ancestrais, o aprendizado de nossos nonos, nonas, pais e mães refletidos nas milhares de caixas de uva e nas novas garrafas que descansarão nas adegas de nossas vinícolas.

A Vindima é o nosso melhor jeito de iniciar um novo ciclo, colhendo os frutos de nosso trabalho e oferecendo aos nossos visitantes o que melhor sabemos fazer: receber erguendo um brinde ao novo!

Programação especial para curtir a Vindima

m4d_9846Foto: Merlo Fotografia – Acervo Villa Michelon

Para aproveitar a Vindima em todos os seus aspectos, os atrativos do Vale dos Vinhedos oferecem atividades especiais no período de 07 de janeiro a 19 de março.

A Abertura Oficial da Vindima no Vale dos Vinhedos acontecerá no dia 28 de janeiro, no Hotel Villa Michelon. O evento contará com a bênção dos parreirais e dos vitivinicultores, colheita e pisa das uvas com as Soberanas do Vale dos Vinhedos e filó italiano de confraternização.

Durante o período, a colheita e pisa das uvas também poderá ser realizada em outros empreendimentos, em pacotes de um dia ou com hospedagem inclusa para um final de semana especial. Hotel & Spa do Vinho, Casa Valduga, Hotel Villa Michelon, Pousada Florenza e o Circolo Trentino di Bento Gonçalves oferecem esta atividade mediante reserva antecipada.

Eventos que unem gastronomia e vinho também são atração no período: o Winery & Food Cave de Pedra e o Cálice de Estrelas acontecem já no dia 14 de janeiro. E para os amantes do esporte, a Maratona do Vinho será realizada no dia 12 de fevereiro em meio às paisagens do Vale dos Vinhedos e da Estrada do Sabor. E a La Sfida Vindima 2017 será realizada nos dias 17, 18 e 19 de fevereiro, em três cidades – Pinto Bandeira, Garibaldi e Bento Gonçalves – sendo encerrada no Vale dos Vinhedos. Ambas estão com inscrições abertas.

maratona-do-vinhoFoto: Maratona do Vinho

Piqueniques em meio aos parreirais carregados de uvas são atração também na Vinhos Larentis e na Cave de Pedra. A atividade também pode ser realizada no Jardim Leopoldina.

Oficinas de drinks com vinhos e espumantes e mini curso sobre uvas e vinhos são oferecidos pela Cooperativa Vinícola Aurora. E as tradicionais oficinas gastronômicas com temas variados são ofertadas pelo Valle Rustico Restaurante.

A Pizzato Vinhas e Vinhos oferecerá a oportunidade de realização de degustações verticais, além de harmonizar tábuas de frios de sabores variados com seus vinhos. E o Wine Garden, nos jardins da Miolo Wine Group segue durante a Vindima, com inúmeros eventos especiais.

dsc_0093Foto: Acervo Vinhos Larentis

A Vinícola Dom Cândido levará seus visitantes para conhecer os parreirais e realizará degustação orientada durante o período. Cursos de degustação e cursos de harmonização na Miolo Wine Group e na Casa Valduga complementam a oferta de atrações para o período.

Venha vivenciar conosco as belezas da Vindima 2017. Esperamos você com uma série de atrações e atividades diferenciadas, de 07 de janeiro a 19 de março.

Programação completa em: www.valedosvinhedos.com.br ou www.valedosvinhedos.wordpress.com/vindimavaledosvinhedos