Vale dos Vinhedos pode se tornar a Capital Brasileira do Enoturismo

2.jpgProposta de autoria do Deputado Giovani Cherini (PR-RS) objetiva estimular o enoturismo no Rio Grande do Sul.

Após ser reconhecido como a primeira Denominação de Origem de Vinhos no Brasil (2012) e alcançar o status de Patrimônio Histórico e Cultural do Rio Grande do Sul (2012), o Vale dos Vinhedos pode se tornar a Capital Brasileira do Enoturismo (turismo do vinho).

Projeto de Lei 4794/12 de autoria do Deputado Giovani Cherini (PR-RS) foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, com parecer favorável do deputado Covatti Filho (PP-RS) na última quarta-feira, dia 05 de julho. A PL 4795/12 também foi recomendada e objetiva criar a Rota Nacional do Turismo Enológico, composta por 14 cidades gaúchas ligadas à vitivinicultura.

Ambas as PLs de Cherini objetivam o desenvolvimento do potencial turístico regional; o fortalecimento e a ampliação da vitivinicultura; o desenvolvimento da produção industrial da uva e derivados; a organização produtiva de comunidades locais relacionadas à vitivinicultura; e a difusão da enologia.

As duas áreas deverão ter sistema gerenciador de zoneamento ecológico-econômico, estímulo às atividades festivas durante a colheita da uva e fomento a eventos ligados ao enoturismo.

As propostas tramitam em caráter conclusivo e seguem para aprovação do Senado.

O enoturismo no Vale dos Vinhedos

Localizado na Serra Gaúcha e inserido no encontro dos municípios de Bento Gonçalves, Garibaldi e Monte Belo do Sul, o Vale representa o legado histórico, cultural e gastronômico deixado pelos imigrantes italianos que chegaram à região em 1875, em perfeita harmonia com as modernas tecnologias para produção de uva e vinhos finos e infraestrutura turística de alta qualidade.

Pequenas propriedades rurais compartilham o território com vinícolas de diferentes portes, contemplando desde vinícolas familiares, boutiques e de garagem, assim como grandes empresas que contam com parcerias internacionais. Completam a infraestrutura enoturística hotéis, pousadas, restaurantes, agroindústrias, ateliers de arte e artesanato local e agências de turismo, totalizando 60 empreendimentos em uma área de 72,45 km².

A Associação dos Produtores de Vinhos Finos do Vale dos Vinhedos – Aprovale, fundada em 1995, é responsável pela promoção do enoturismo e gestão da Indicação Geográfica Vale dos Vinhedos.

Foto: Gilmar Gomes

 

Tecnovitis 2017, o maior encontro do setor vitícola do Brasil

Tecnovitis.JPG

A 2ª edição da Feira de Tecnologia para a Viticultura será realizada no Vale dos Vinhedos em dezembro

A Tecnovitis 2017 – Feira de Tecnologia para Viticultura- será realizada de 06 a 08 de dezembro de 2017, das 10h às 18h, na Comunidade do 8 da Graciema e Complexo Villa Michelon, no Vale dos Vinhedos, em Bento Gonçalves – RS. A feira, realizada pelo Sindicato Rural da Serra Gaúcha, conta com o apoio institucional de 20 entidades parceiras e faz parte do calendário anual de eventos da cidade.

Reunindo produtores, fornecedores e profissionais da cadeia produtiva da uva, a Tecnovitis compreende a apresentação de técnicas, equipamentos e produtos ligados à viticultura, O evento conta com uma programação paralela, específica para compartilhamento de informações, com Seminários e Palestras Técnicas, realizadas por profissionais altamente qualificados em suas áreas de atuação.

Durante os três dias de evento, a Tecnovitis 2017 vai oportunizar o contato dos produtores de uvas para vinho, sucos, espumantes e uvas de mesa, com novas tecnologias, equipamentos e produtos da viticultura, palestras, demonstrações técnicas a campo e exposição de produtos e serviços para o setor. Os organizadores estimam um público superior a 15 mil visitantes.

A feira visa aprimorar as práticas e métodos do produtor, a fim de estimular o desenvolvimento de toda a cadeia produtiva. A visitação é aberta ao público, sem cobrança de ingressos, não requer cadastro antecipado e é somente para maiores de 16 anos.

Sobre a Tecnovitis
A exemplo da primeira edição, realizada em 2015, a feira visa destacar a importância e relevância do setor, sendo pioneira em um evento técnico/comercial específico e exclusivamente voltado ao cultivo da uva. Mostra os avanços da viticultura brasileira, bem como as melhorias quantitativas e qualitativas, que tornam mais competitivos os processos desta cadeia produtiva. A feira é realizada em um dos maiores polos vitícolas do país. O cultivo da uva na Serra Gaúcha nasceu como subsistência, para consumo próprio e, com o excedente da produção nasceram as primeiras vinícolas comerciais, com a cultura de produção tipicamente italianas e ampla mão de obra. Com a ampliação das áreas de vinhedos e investimento dos empresários do setor, formou-se o maior polo vitivinícola do Brasil.

Entidades parceiras
São entidades parceiras e apoiadoras deste evento: Aprovale – Associação dos Produtores de Vinhos Finos do Vale dos Vinhedos, Bento Convention Bureau, Circolo Trentino di Bento Gonçalves, Complexo Turístico Villa Michelon, Comunidade 8 da Graciema, Emater – Associação Riograndense de Empreendimentos de Assistência Técnica e Extensão Rural, Embrapa Uva e Vinho – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Governo do Estado do Rio Grande do Sul – Secretaria de Desenvolvimento Rural, Ibravin – Instituto Brasileiro do Vinho, IFRS – Instituto Federal do Rio Grande do Sul – Campus Bento Gonçalves, Prefeitura Municipal de Bento Gonçalves, SEAPI – Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação do RS, SDR – Secretaria do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo do RS, Sindicato Empresarial da Gastronomia e Hotelaria da Região Uva e Vinho, Sindivinho/RS – Sindicato da Indústria do Vinho do Rio Grande do Sul, Sistema FARSUL – (Farsul/Senar/Casa Rural).

Informações adicionais: contato@tecnovitis.com.br / (54) 99975 7968

Seja bem vindo ao inverno do Vale dos Vinhedos

Almir Dupont

Na estação mais fria os visitantes são recepcionados com grandes vinhos, gastronomia variada e espaços quentes e aconchegantes.

As baixas temperaturas do inverno são muito bem vindas pela comunidade e vitivinicultores do Vale dos Vinhedos. Além de todas as delícias e experiências que o frio proporciona, neste período as videiras precisam hibernar, armazenar energia para florescer na primavera com todas as forças. Este repouso vegetativo é fundamental para o cultivo da uva e tem grande influência na próxima vindima, por isso é esperado com ansiedade pelo produtor local.

Farina Park Hotel

A estação também é a mais movimentada do ano. Nesta época nossos visitantes buscam pelo aconchego dos hotéis, que agraciam seus hospedes com bebidas quentes e vinho regional, além de acenderem suas lareiras. A gastronomia regional harmonizada também é destaque e aquece os corações com referências a comida feita pelas nonnas e pelas mammas da região

Para aqueles que não temem o frio, as paisagens por vezes acinzentadas e cobertas de neblina são poéticas e inspiradoras. E os dias de sol convidam a esquentar o corpo em meio a natureza. As temperaturas nesta época podem variar entre -5° C e 23 °C na média, por isso é bom estar preparado. Para isso, as lojas de artigos em couro e artesanatos em lã prometem lindas peças para a estação.

 

 

Couros do Valleh - Coleção Merlot Vintage

O Vale dos Vinhedos recebe visitantes todos os dias do ano. No inverno não é diferente e a expectativa é receber cerca de 160 mil pessoas nesta estação.

 

Além das visitas tradicionais, é possível participar de atividades diferenciadas oferecidas em determinados atrativos. A programação já está no ar no site e no blog do Vale dos Vinhedos e vai sendo alimentada conforme o inverno vai se estabelecendo.

Delicie-se com o aconchego da estação e brinde o inverno no Vale dos Vinhedos.

Confira a programação diferenciada: www.valedosvinhedos.wordpress.com/inverno2017

Saiba mais sobre o Vale dos Vinhedos: www.valedosvinhedos.com.br

Fotos:
1 – Almir Dupont
2 – Farina Park Hotel
3 – Couros do Valleh

No feriado de Corpus Christi venha para o Festival Emoções no Vale no Vale dos Vinhedos

029Dias 15, 16 e 17 de Junho, das 15h às 20h, múltiplas atrações e bons vinhos no Hotel & Spa do Vinho, no Vale dos Vinhedos.

Estendendo as celebrações do Dia do Vinho no Rio Grande do Sul, o Festival Emoções no Vale vem mais uma vez para abrilhantar o feriado de Corpus Christi no Vale dos Vinhedos.

Nos dias 15, 16 e 17 de junho, o visitante poderá conhecer o trabalho de mais de 30 vinícolas expositoras, apreciar diversas atrações no palco principal do Festival que conta com o charme do outono no Vale dos Vinhedos como pano de fundo.

O evento aberto ao público externo comercializará a taça convite pelo valor de R$ 30,00. O participante tem direito a livre degustação e pode levar a linda Taça do festival para casa.

O grande destaque do evento, que já é tradição na Serra Gaúcha, fica por conta da possibilidade de saborear rótulos ícones brasileiros e internacionais e conversar diretamente com os representantes de cada empresa, que ainda comercializarão seu rótulos para aqueles que tiverem interesse em adquiri-los.

Fumegantes Fondues de Queijo e Chocolate, servidos junto às grandes lareiras do Spa do Vinho serão opcionais que poderão ser adquiridos no dia do evento.

Adquira sua taça convite antecipadamente através do link: http://spadovinho.faceupp.net/index.php/publico/efetuar_compra/58

Deseja se hospedar no Spa do Vinho durante o Festival?
Aproveite o feriado para uma experiência inesquecível no Autograph Collection Hotel by Marriott. Completa infraestrutura de lazer, Culinária de Terroir e o exclusivo VINO.SPA, o refúgio ideal para casais e amigos que amam bons vinhos.
Valor válido para acesso em 01 dos dias do Festival.
Para mais informações e reservas, por favor contate reservas@spadovinho.com.br ou 54 2102.7200

SERVIÇO:
O que: Festival Emoções no Vale 2017
Quando: dias 15, 16 e 17 de junho
Horário: das 15h às 20h
Onde: Hotel & Spa do Vinho Condomínio Vitivinícola
Valor: Taça convite por R$ 30
Onde adquirir: http://spadovinho.faceupp.net/index.php/publico/efetuar_compra/58
Informações: 54.2102.7200 ou reservas@spadovinho.com.br

Cavalleri, Dom Cândido e Lídio Carraro representam o Vale dos Vinhedos na ExpoVinis 2017

FOTOS EXPOVINIS 2016A maior feira do setor na América Latina realiza sua 21ª edição de 6 a 8 de junho, em São Paulo

A 21º edição da Expovinis – Salão Internacional do Vinho já tem data marcada: de 6 a 8 de junho, no pavilhão Branco, no Expo Center Norte, em São Paulo (SP). Neste período será possível apreciar a qualidade crescente do vinho brasileiro através de 24 vinícolas nacionais expositoras na maior feira do segmento vinícola da América Latina.

Pela segunda vez, o ExpoVinis ocorre paralelamente à Feira Internacional de Produtos e Serviços para a Alimentação Fora do Lar (Fispal Food Service).

Dentre as vinícolas brasileiras, o Vale dos Vinhedos está muito bem representado através de três empresas com sede no coração de uma das regiões mais conhecidas no mundo para elaboração de vinhos. Adega Cavalleri, Lídio Carraro Vinícola Boutique e Vinícola Dom Cândido serão as representantes da região produtora nesta importante feira.

A única Denominação de Origem de Vinhos no Brasil, a Denominação de Origem Vale dos Vinhedos, também estará representada. A Vinícola Dom Cândido é uma das vinícolas do Vale que possuem rótulos certificados com o selo da D.O.V.V., reconhecimento que reforça a qualidade e originalidade do vinho elaborado, com características únicas desta região.

A presença verde-amarela na Expovinis tem apoio institucional do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), em parceria com a empresa promotora da feira, a BTS/Informa. A participação de 16 empresas brasileiras no evento é subsidiada pelo Projeto Sebrae Vitivinicultura nas Regiões Serra, Campanha e Fronteira Oeste, com apoio do Programa Juntos para Competir (Farsul/Senar-RS/Sebrae-RS).

FOTO: Studio F

Dia do Vinho no Villa Michelon tem Cozinha ao Vivo

casa-do-fil-a-2-2.jpg.1024x0Tradicional Filó Italiano ganha novas atrações

Capital Brasileira do Vinho, Bento Gonçalves celebra seu mais emblemático produto com as festividades do Dia Estadual do Vinho com o tradicional Filó Italiano do Vila Michelon, que ocorre no próximo sábado, 3. A oitava edição do evento, no entanto, chega com novos contornos em 2017. Unindo tradição e inovação, o vinho divide espaço com a farta gastronomia italiana e também com os sabores elaborados pelo Chef Altemir Pessali em sua Cozinha Ao Vivo.

Das 19h às 22h, moradores da comunidade e turistas terão a oportunidade de conhecer uma das mais tradicionais formas de encontro entre famílias de descendentes de imigrantes italianos. A noite será animada pelo músico Gilmar e pelo Grupo Nani, que levará jogos e cantorias com sua costumeira alegria, enriquecendo a experiência.

Para receber a festa, com público estimado de 80 pessoas, um cardápio com polenta na chapa, risoto italiano, tábuas de frios, pão colonial, cuca de frutas e sagu com creme será preparado. Sob a batuta do Chef Pessali, Xixo e Choripan serão as iguarias preparadas, dando um clima descontraído e novos sabores ao Filó.

Moysés Luiz Michelon, diretor do Hotel Villa Michelon e anfitrião do Filó Italiano, comemora a oitava edição do evento e ressalta a importância de valorizar o produto que leva o nome de Bento Gonçalves a outras partes do Brasil e também do exterior. “Nossa cruzada em favor ao vinho começou há 50 anos, na I Fenavinho. Poder celebrar um Dia Estadual para a bebida que movimenta a economia e os hábitos da nossa região é uma grande honra e uma experiência inesquecível”, enfatiza.

FILÓ DO DIA DO VINHO 2017
Horário: das 19h às 22 horas
Local: Casa do Filó – Hotel Villa Michelon
Atrações: Food Truck com chef Altemir Pessali e comida típica. Jogos italianos e música ao vivo.
Público: comunidade, hóspedes, público em geral (mediante compra de ingressos prévia na recepção do Hotel)
Vagas: 80
Valor: R$ 85,00
Informações: 54.2102.1800

Vem aí a La Sfida – Espumantes 2017, com prova realizada no Vale dos Vinhedos

La Sfida.pngA La Sfida é a junção do esporte e do turismo, em três dias de prova e diversão na Serra Gaúcha

O termo italiano La Sfida significa desafio, duelo, confronto.espumante é todo vinho que sofre duas fermentações naturais. A primeira é a fermentação alcoólica, comum de todos os vinhos, onde o açúcar da uva se transforma em álcool. A segunda, onde o espumante adquire a efervescência, tanto pode ocorrer em tanques de aço inox pressurizados (método charmat) como podem ser feitas na própria garrafa (método champenoise ou tradicional/clássico).

Assim, La Sfida – Espumantes 2017 é o desafio de vencer e a vivência de competir, pois carrega a essência da força e da coragem pela imersão nos usos e costumes da Região, o esforço para vencer, o convívio com as diferenças e novas experiências.

O evento é exclusivo a 300 pacotes turístico-esportivos. A limitação se deve ao nível de exigência estabelecida na seleção dos prestadores de serviço que atuarão nas 72 horas a serem vividas numa das mais belas regiões do Brasil e na época de muitas comemorações relativas ao tema.

Serão quatro dias de atividades. Tudo começa com uma corrida matinal (Corsa) num ambiente rural de natureza exuberante, com direito a merendim*, visitas a vinícolas, ingresso para a festa do espumante brasileiro, a Fenachamp, cursos de harmonização e degustação de espumantes e, como granfinale, um brunch dentro de uma das maiores vinícolas do Vale dos Vinhedos.

As provas e programações turísticas acontecerão nos dias 13, 14 e 15 de outubro. Em cada dia do evento, uma corrida e uma programação especial em 3 cidades da Serra Gaúcha, com tradição na elaboração do vinho: Pinto Bandeira, Garibaldi e Bento Gonçalves. O encerramento das atividades acontecerá no coração do Vale dos Vinhedos no dia 15 de outubro.

Para participar, estão disponíveis 4 opções de pacotes. Destes, 3 incluem a programação especial do evento, passeios turísticos, hospedagem e muito mais. E um deles, dedicado aos que moram na Serra, apenas para as 3 corridas e merendim*.

Para adquirir e reservar o seu lugar neste evento inédito na Serra, acesse o site da La Sfida: www.lasfida.com.br/index

O que: La Sfida – Espumante 2017
Quando: 13, 14 e 15 de outubro de 2017
Onde: Pinto Bendeira, Garibaldi, Bento Gonçalves e encerramento no Vale dos Vinhedos
Informações: www.lasfida.com.br
Inscrições: https://goo.gl/Hs8wA1
Para outros: contato@lasfida.com.br ou (51) 9 8472-1612 | (51) 9 9186-6604

*Merendim é uma refeição típica da Região da Uva e do Vinho. É um ‘café colonial’, ou seja, uma refeição que não tem a finalidade exclusiva de um café da manhã e pode ser degustado a qualquer hora do dia. Tradicionalmente é composto de uma farta mesa de pães variados, cucas, bolos, grostoli, biscoitos, manteiga, geleias de frutas, mel, frutas da época, queijos, salame, copa, etc., com muito vinho, espumantes e suco de uva. E o melhor de tudo é que a maioria dos produtos é artesanal e de produção caseira.