Vale dos Vinhedos pode se tornar a Capital Brasileira do Enoturismo

2.jpgProposta de autoria do Deputado Giovani Cherini (PR-RS) objetiva estimular o enoturismo no Rio Grande do Sul.

Após ser reconhecido como a primeira Denominação de Origem de Vinhos no Brasil (2012) e alcançar o status de Patrimônio Histórico e Cultural do Rio Grande do Sul (2012), o Vale dos Vinhedos pode se tornar a Capital Brasileira do Enoturismo (turismo do vinho).

Projeto de Lei 4794/12 de autoria do Deputado Giovani Cherini (PR-RS) foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, com parecer favorável do deputado Covatti Filho (PP-RS) na última quarta-feira, dia 05 de julho. A PL 4795/12 também foi recomendada e objetiva criar a Rota Nacional do Turismo Enológico, composta por 14 cidades gaúchas ligadas à vitivinicultura.

Ambas as PLs de Cherini objetivam o desenvolvimento do potencial turístico regional; o fortalecimento e a ampliação da vitivinicultura; o desenvolvimento da produção industrial da uva e derivados; a organização produtiva de comunidades locais relacionadas à vitivinicultura; e a difusão da enologia.

As duas áreas deverão ter sistema gerenciador de zoneamento ecológico-econômico, estímulo às atividades festivas durante a colheita da uva e fomento a eventos ligados ao enoturismo.

As propostas tramitam em caráter conclusivo e seguem para aprovação do Senado.

O enoturismo no Vale dos Vinhedos

Localizado na Serra Gaúcha e inserido no encontro dos municípios de Bento Gonçalves, Garibaldi e Monte Belo do Sul, o Vale representa o legado histórico, cultural e gastronômico deixado pelos imigrantes italianos que chegaram à região em 1875, em perfeita harmonia com as modernas tecnologias para produção de uva e vinhos finos e infraestrutura turística de alta qualidade.

Pequenas propriedades rurais compartilham o território com vinícolas de diferentes portes, contemplando desde vinícolas familiares, boutiques e de garagem, assim como grandes empresas que contam com parcerias internacionais. Completam a infraestrutura enoturística hotéis, pousadas, restaurantes, agroindústrias, ateliers de arte e artesanato local e agências de turismo, totalizando 60 empreendimentos em uma área de 72,45 km².

A Associação dos Produtores de Vinhos Finos do Vale dos Vinhedos – Aprovale, fundada em 1995, é responsável pela promoção do enoturismo e gestão da Indicação Geográfica Vale dos Vinhedos.

Foto: Gilmar Gomes

 

Brazilian sparkling wine, please!

Miolo 1

Three Wine Men indicam espumante Miolo com Denominação de Origem Vale dos Vinhedos para o verão europeu

Três dos mais influentes e reconhecidos especialistas em vinho e gastronomia na Europa acabam de indicar o Miolo Millésime Brut 2012 DO como um dos espumantes mais efervescentes para o verão europeu!Miolo 2

A lista foi divulgada durante o Let’s Get Fizzical, evento realizado no Reino Unido e encabeçado pelos ‘Three Wine Men’. Oz Clarke, conhecido por seu paladar e entusiasmo e considerado o escritor de vinhos mais popular na Grã-Bretanha; Tim Atkin, Master of Wine recentemente indicado entre os 5 especialistas em vinhos mais influentes do mundo; e Olly Smith, o Jolly Olly do Saturday Kitchen da BBC.

De acordo com Tim Atkin – MW, o Miolo Millésime Brut “é fresco, borbulhante e saboroso, com final cítrico”. Elaborado pelo Método Tradicional – com a segunda fermentação na garrafa – somente em safras excepcionais com as uvas Chardonnay e Pinot Noir, o espumante já havia conquistado o paladar de outro renomado inglês: o crítico Steven Spurrier o elegeu como o melhor espumante do Hemisfério Sul.

Adriano Miolo, superintendente da marca, explica que os espumantes Miolo “estão entre os rótulos brasileiros mais apreciados na Europa. É um mercado-foco para as exportações do grupo, onde é desenvolvido um trabalho consistente para conquistar cada vez mais os exigentes e criteriosos apreciadores europeus”.

O Miolo Millésime Brut possui a Denominação de Origem Vale dos Vinhedos, o que atesta que o produto possui características únicas da região onde é elaborado, o Vale dos Vinhedos, e que em nenhum outro local do mundo um espumante pode ter as mesmas características que os aqui elaborados. Este espumante único apresenta coloração amarelo palha com tons esverdeados e sua perlage é fina, abundante e persistente, expressando a alta qualidade do produto. Tem aromas de frutas cítricas, pera e abacaxi, e boa cremosidade. É perfeito como aperitivo ou mesmo desfrutado por si só.

A Miolo Wine Group tem sua sede localizada no Vale dos Vinhedos, onde possui 100 hectares com vinhedos próprios.

Fonte: CH2A Comunicação

No feriado de Corpus Christi venha para o Festival Emoções no Vale no Vale dos Vinhedos

029Dias 15, 16 e 17 de Junho, das 15h às 20h, múltiplas atrações e bons vinhos no Hotel & Spa do Vinho, no Vale dos Vinhedos.

Estendendo as celebrações do Dia do Vinho no Rio Grande do Sul, o Festival Emoções no Vale vem mais uma vez para abrilhantar o feriado de Corpus Christi no Vale dos Vinhedos.

Nos dias 15, 16 e 17 de junho, o visitante poderá conhecer o trabalho de mais de 30 vinícolas expositoras, apreciar diversas atrações no palco principal do Festival que conta com o charme do outono no Vale dos Vinhedos como pano de fundo.

O evento aberto ao público externo comercializará a taça convite pelo valor de R$ 30,00. O participante tem direito a livre degustação e pode levar a linda Taça do festival para casa.

O grande destaque do evento, que já é tradição na Serra Gaúcha, fica por conta da possibilidade de saborear rótulos ícones brasileiros e internacionais e conversar diretamente com os representantes de cada empresa, que ainda comercializarão seu rótulos para aqueles que tiverem interesse em adquiri-los.

Fumegantes Fondues de Queijo e Chocolate, servidos junto às grandes lareiras do Spa do Vinho serão opcionais que poderão ser adquiridos no dia do evento.

Adquira sua taça convite antecipadamente através do link: http://spadovinho.faceupp.net/index.php/publico/efetuar_compra/58

Deseja se hospedar no Spa do Vinho durante o Festival?
Aproveite o feriado para uma experiência inesquecível no Autograph Collection Hotel by Marriott. Completa infraestrutura de lazer, Culinária de Terroir e o exclusivo VINO.SPA, o refúgio ideal para casais e amigos que amam bons vinhos.
Valor válido para acesso em 01 dos dias do Festival.
Para mais informações e reservas, por favor contate reservas@spadovinho.com.br ou 54 2102.7200

SERVIÇO:
O que: Festival Emoções no Vale 2017
Quando: dias 15, 16 e 17 de junho
Horário: das 15h às 20h
Onde: Hotel & Spa do Vinho Condomínio Vitivinícola
Valor: Taça convite por R$ 30
Onde adquirir: http://spadovinho.faceupp.net/index.php/publico/efetuar_compra/58
Informações: 54.2102.7200 ou reservas@spadovinho.com.br

Cavalleri, Dom Cândido e Lídio Carraro representam o Vale dos Vinhedos na ExpoVinis 2017

FOTOS EXPOVINIS 2016A maior feira do setor na América Latina realiza sua 21ª edição de 6 a 8 de junho, em São Paulo

A 21º edição da Expovinis – Salão Internacional do Vinho já tem data marcada: de 6 a 8 de junho, no pavilhão Branco, no Expo Center Norte, em São Paulo (SP). Neste período será possível apreciar a qualidade crescente do vinho brasileiro através de 24 vinícolas nacionais expositoras na maior feira do segmento vinícola da América Latina.

Pela segunda vez, o ExpoVinis ocorre paralelamente à Feira Internacional de Produtos e Serviços para a Alimentação Fora do Lar (Fispal Food Service).

Dentre as vinícolas brasileiras, o Vale dos Vinhedos está muito bem representado através de três empresas com sede no coração de uma das regiões mais conhecidas no mundo para elaboração de vinhos. Adega Cavalleri, Lídio Carraro Vinícola Boutique e Vinícola Dom Cândido serão as representantes da região produtora nesta importante feira.

A única Denominação de Origem de Vinhos no Brasil, a Denominação de Origem Vale dos Vinhedos, também estará representada. A Vinícola Dom Cândido é uma das vinícolas do Vale que possuem rótulos certificados com o selo da D.O.V.V., reconhecimento que reforça a qualidade e originalidade do vinho elaborado, com características únicas desta região.

A presença verde-amarela na Expovinis tem apoio institucional do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), em parceria com a empresa promotora da feira, a BTS/Informa. A participação de 16 empresas brasileiras no evento é subsidiada pelo Projeto Sebrae Vitivinicultura nas Regiões Serra, Campanha e Fronteira Oeste, com apoio do Programa Juntos para Competir (Farsul/Senar-RS/Sebrae-RS).

FOTO: Studio F

Testemunhe o nascimento de um ícone no Spa do Vinho, no Vale dos Vinhedos

Vinho VE.JPGCelebração VE 2017 coroa excelente safra que originará vinho ícone

O início da colheita do Lote 41 da Linha Leopoldina, no Vale dos Vinhedos, foi estabelecida nesta semana, com base no grau de maturação das uvas e nas condições climáticas, pela equipe do Spa do Vinho Hotel & Condomínio Vitivinícola. Uma colheita seletiva será realizada ao longo dos próximos dias, visando o melhor aproveitamento da produção para elaboração de vinho ícone VE safra 2017.

Mantidas as condições atuais, considera-se que esta será uma safra histórica no Vale dos Vinhedos por sua qualidade e produtividade. Desta forma, como nos anos anteriores, o Spa do Vinho Hotel & Condomínio Vitivinícola marcará este importante momento realizando a Celebração VE.

Spa.jpgNo próximo sábado, 4 de março, às 11 horas, será realizada a primeira colheita e a
primeira vinificação com sommeliers e alunos da ABE-RS, autoridades, imprensa e Confrades do Condomínio Vitivinícola Spa do Vinho. Para completar a celebração, será servido Almoço Festivo na Praça das Vinhas do Spa do Vinho.

A festividade pode ser usufruída pelos amantes do vinho através de pacotes completos e exclusivos para a Celebração VE 2017, com hospedagem, refeições e Vino.Spa. O Pacote inclui também a oportunidade de participar da Degustação Vertical VE, que será conduzida pelos sommeliers e sócios-diretores do empreendimento, Aldemir Dadalt e Deborah Villas-Bôas Dadalt, neste sábado às 19h, no Centro de Eventos Spa do Vinho.

Para mais detalhamentos e reservas, basta contatar o Depto Comercial do Hotel através do telefone 54.2102.7200 ou pelo e-mail reservas@spadovinho.com.br

Fonte: Gerência de Marketing – Spa do Vinho Hotel & Condomínio Vitivinícola

Larentis abre reserva particular e celebra 15 anos com seleção de vinhos

noticias-download3911.jpgCaixa com seis rótulos emblemáticos que contam a história da vinícola já está disponível aos interessados. Foto de Eduardo Benini

Uma vinícola que completa 15 anos tem muitas histórias para contar. São 15 safras, cada uma com suas particularidades, que resultam em vinhos únicos, exclusivos. A Vinhos Larentis, do Vale dos Vinhedos, abriu sua reserva particular para compartilhar um pouco de suas melhores memórias, reunindo em uma caixa seis de seus mais emblemáticos vinhos. É uma seleção de seis vinhos que marcaram época nessa trajetória e que já estão disponíveis ao interessados. Ao abrir e degustar cada garrafa, apreciadores estarão celebrando junto com a vinícola os 15 anos de uma história familiar dedicada ao cultivo da uva e a arte de elaborar bons vinhos.

noticias-download3831

Na coleção, em uma caixa personalizada de madeira, constam o Mérito 2008, Mérito 2012, Merlot Sta Lúcia 2013, Merlot Reserva 2012, Cabernet Sauvignon Reserva 2012 e Teroldego 2013. No entanto, não se trata de uma simples coleção. Além de conter o Merlot single vineyard safra 2013 com Denominação de Origem Vale dos Vinhedos (DOVV), apresentado em outubro deste ano, quem comprar o kit levará uma preciosidade da família Larentis, o Mérito 2008, vinho lançado em comemoração aos 10 anos da vinícola e que está sendo disponibilizado da reserva particular da família para brindar os 15 anos.

André Larentis, enólogo da vinícola, explica que o kit é uma forma de estender a comemoração aos amantes do vinho brasileiro, porém avisa que a oferta é limitada. “Temos guardadas apenas 100 garrafas do Mérito 2008 e 50 delas serão liberadas novamente ao mercado, por meio do kit, para uma segunda comemoração. É uma iniciativa muito especial que busca oferecer uma experiência diferenciada aos nossos clientes”, explica André.

A coleção, com apenas 50 unidades, está sendo comercializada pela loja virtual no site http://www.larentis.com.br e no varejo da vinícola.

Sobre os vinhos:

Mérito 2008 – o primeiro assemblage foi lançado em comemoração aos 10 anos da Larentis, em 2011. Vinho ícone, exclusivo, elaborado a partir da união perfeita entre 60% de Merlot, 20% de Cabernet Sauvignon, 10% de Ancellotta e 10% de Marselan. Foram produzidas apenas mil garrafas de uma tiragem histórica e especial.

Mérito 2012 – passados quatro anos após o lançamento da primeira edição do Mérito é que a Larentis apresentou novamente seu vinho ícone, por meio de uvas harmoniosamente combinadas nas proporções 62% de Merlot, 15% de Cabernet Sauvignon, 15% de Marselan e 8% de Ancellotta, com uma excepcional fineza e complexidade aromática.

Merlot Reserva 2012 – esse é o vinho produzido com a uva mais emblemática da Larentis. Aliado a essa superioridade no terroir está a qualidade da safra 2012, que proporcionou a chegada de um vinho espetacular, simbólico e carregado de personalidade, após envelhecer em barricas de carvalho norte-americano por oito meses e descansar na cave, após engarrafado, por no mínimo um ano, antes de ser comercializado.

Cabernet Sauvignon Reserva 2012 – de intensos aromas de cassis, especiarias como noz moscada e pimenta preta, passas e ameixa seca, é um vinho encorpado, com bom equilíbrio e persistência na boca.

Teroldego Cepas Selecionadas 2013 – com aromas de frutas vermelhas maduras, leves notas de tostado, a linha é elaborada somente em safras propícias para a elaboração de vinhos longevos. Com origem de Trento, na Itália, a variedade ainda é pouco conhecida no Brasil.

Merlot Sta Lúcia 2013 com DOVV – São apenas 1.465 garrafas elaboradas a partir de uvas da parcela 1.1 que foi escolhida pelos aspectos técnicos do vinhedo. A excelente exposição solar, o solo de textura argilosa, o relevo ondulado e bem drenado proporcionaram condições ideais, que aliados aos cuidados e a dedicação da família Larentis resultaram em uvas de altíssima qualidade e, por consequência, em um vinho particular.

Serviço
Produto: Kit 15 anos Larentis
O que contém: 6 garrafas (Mérito 2008, Mérito 2012, Merlot Sta Lúcia 2013, Merlot Reserva 2012, Cabernet Sauvignon Reserva 2012, Teroldego 2013)
Quantidade disponível: 50 unidades
Valor: R$ 650
Contato: larentis@larentis.com.brr
Onde comprar: www.larentis.com.br – Loja Virtual

Indicação Geográfica Vale dos Vinhedos é apresentada em eventos no Espírito Santo

do.jpgcropped-primavera-vale-dos-vinhedos010-fotos-gilmar-gomes1.jpg

O Vale dos Vinhedos é pioneiro quando se trata de Indicações Geográficas no Brasil. A localidade mundialmente conhecida pela elaboração de vinhos finos de qualidade foi reconhecida em 2002 como Indicação de Procedência (I.P.) e em 2012 como Denominação de Origem (D.O.). Ambas as nomenclaturas identificam que uma região elabora um produto reconhecido, que reflete características únicas, resultantes das variações climáticas, da terra, do cultivo, da cultura e do saber fazer de um local.

Por ter sido a primeira I.P. e a primeira D.O. de vinhos no Brasil, o case do Vale dos Vinhedos é solicitado em inúmeras palestras pelo Brasil, geralmente em localidades que buscam aprimorar-se no tema para também solicitar junto ao INPI o reconhecimento de suas regiões como Indicações Geográficas (I.G.).

ig

No segundo semestre de 2016, após participar de dois Encontros da Comissão de Estudo Especial (CEE) de I.G. da ABNT e Grupo de Trabalho das IGs brasileiras, um em Florianópolis e outro no Rio de Janeiro, e além de receber grupos técnicos do Paraná e de Roraima, os meses de outubro e novembro foram de apresentação do case e de aprendizado no estado do Espírito Santo. O consultor técnico da Associação dos Produtores de Vinhos Finos do Vale dos Vinhedos – Aprovale, Jaime Milan, foi o representante da entidade e palestrante nestes eventos.

No dia 13 de outubro o Vale dos Vinhedos participou do Fórum Origem Capixaba: Indicações Geográficas e Marcas Coletivas, promovido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e pela Superintendência Federal de Agricultura no Espírito Santo. Na oportunidade, além de participar da solenidade de posse dos membros do Fórum, foi realizada uma apresentação sobre a IG do Vale dos Vinhedos para vinhos e espumantes.

Entre 21 a 23 de novembro o Vale dos Vinhedos retornou ao Espírito Santo, desta vez para o Curso Básico de IG e Marcas Coletivas. O case do Vale dos Vinhedos foi apresentado em duas oportunidades para um grupo de 40 técnicos, provenientes do norte e nordeste do Brasil. O evento foi organizado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e Sebrae, com a finalidade de atualização de seus quadros . No primeiro dia a temática foi o “Regulamento de Uso de IG e Regulamento de Utilização de Marcas Coletivas”. No segundo foram analisadas as “Normas de controle”.

parceiros

Segundo Jaime Milan, “o pioneirismo da Aprovale é reconhecido em todo o país, razão pela qual é solicitada a apresentar sua experiência a diferentes segmentos do agronegócio brasileiro. O próximo será no dia 9 de dezembro, para produtores de café do oeste de Minas Gerais. Estas demandas são muito gratificantes, pois reconhecem e valorizam o trabalho conjunto de agricultores, empresários, Embrapa, entidades de ensino, Sebrae e prefeituras dos municípios que formam a região demarcada. Mais importante ainda é poder repassar estes conhecimentos aos brasileiros que trabalham pelo desenvolvimento deste país”.

A Aprovale encerra seu ciclo de viagens e palestras de 2016 com um Workshop sobre Indicações Geográficas no dia 09 de dezembro às 17h, na cidade de Santo Antônio do Amparo, em Minas Gerais. O objetivo é trocar experiências com produtores de café no Sul de Minas Gerais na região Campo das Vertentes.

Algumas palestras já realizadas em 2016:
Foto 1: Conferência realizada na sede da Aprovale com alunos do Grupo GeRedes Unisinos. Na oportunidade o presidente da Aprovale, Márcio Brandelli, a diretora de associados setoriais, Maria Alice Farina e o consultor técnico, Jaime Milan apresentaram o case do Vale dos Vinhedos.

Foto 2: Palestra aos alunos do Curso de Gestão em Turismo do Instituto Federal de Santa Catarina, campus de Sombrio. A turma de Gestão em Turismo visita o Vale dos Vinhedos todos os anos, com novos alunos, e participa de palestra sobre o Vale dos Vinhedos.

Foto 3: Produtores de Cachaça de Paraty – RJ, em evento de troca de experiências entre as duas Indicações Geográficas: o Vale dos Vinhedos como IG de vinhos e Paraty como IG de cachaça.

Fotos de Naiára Martini