Aprovale elege sua diretoria para biênio 2017/2018

Márcio Brandelli.jpgAssembleia realizada no dia 03 de abril reelegeu Márcio Brandelli como presidente da entidade

A Associação dos Produtores de Vinhos Finos do Vale dos Vinhedos – Aprovale realizou na noite de 03 de abril, nas dependências do Hotel & Spa do Vinho Condomínio Vitivinícola, sua Assembleia Geral Ordinária, que elegeu na forma estatutária, sua Diretoria Executiva para os anos de 2017 e 2018.

Empenhado em seguir seu plano de trabalho iniciado em 2015 e reeleito com apoio unânime dos associados presentes, Márcio Brandelli apresentou seus diretores e objetivos para o segundo mandato, que iniciou já no dia 04 de abril. Dentre os objetivos apresentados, está a defesa e o fortalecimento da Indicação Geográfica Vale dos Vinhedos, a busca constante por melhorias na infraestrutura da rota turística e a união entre associados em prol do distrito.

Márcio apresentou a todos o andamento dos principais projetos da entidade, assumidos em seu primeiro mandato em 2015 e 2016, que são a melhoria da sinalização turística através de projeto que será implantado nos próximos meses com parceiros externos, a implantação da Ciclovia Vale dos Vinhedos; a possibilidade de instalação de condomínios vitivinícolas com objetivo de proteção da paisagem e vocação do distrito; o objetivo de tornar o Vale dos Vinhedos Zona Franca de Vinhos no Brasil, dentre outros.

Mesmo com a reeleição de Márcio Brandelli, a diretoria da Aprovale vem com novidades. Avelino Zanetti Filho, representando a Miolo Wine Group, assume como vice-presidente, Lucimar Roncaglio, do Trattoria Mamma Gema assume como Diretor de Enoturismo, Daniel de Paris, da Dom Cândido Vinhos Finos assume como Diretor Técnico e Dario Crespi, da Union Distillery, assume como Diretor de Eventos Institucionais. Demais diretores seguem com Márcio da gestão anterior: Carlos Alberto Trevisan, representante do IFRS, segue como Diretor Administrativo e Financeiro; Decio Geronimo Tasca, representante da Famiglia Tasca, segue como Diretor de Relações Comunitárias; Márcia Araújo Faccio Bellora, representante do Valle Rustico Restaurante, assume a Diretoria de Associados Setoriais; Ronaldo Zorzi, representante da Peculiare Vinhos Únicos, segue como Diretor de Associados Produtores; e Deborah Villas- Bôas Dadalt, representante do Hotel & Spa do Vinho Condomínio Vitivinícola, segue como Diretora de Infraestrutura. Com a reeleição de Márcio, Juarez Valduga, representante do Grupo Famíglia Valduga, segue como presidente do Conselho Superior da Aprovale.

Segundo Márcio Brandelli dois anos como presidente lhe permitiram iniciar alguns projetos de grande importância para o Vale dos Vinhedos e adquirir conhecimento sobre a entidade. “Nos próximos dois anos e com a chegada de novos diretores, pretendemos dar andamento e encerrar um ciclo através da concretização das ações iniciadas em 2015 e 2016. A partir deste mandato, também preparamos o vice-presidente para assumir a nova diretoria em 2019, propiciando que os projetos tenham continuidade a cada renovação de diretoria e que o crescimento do Vale dos Vinhedos seja constante e coerente.” Complementa Brandelli.

Pela primeira vez em 22 anos de história da Aprovale, um presidente é reeleito após dois anos de atuação. O primeiro encontro oficial da nova diretoria executiva eleita será no dia 19 de abril, onde a foto oficial de posse será realizada.

Composição da Diretoria Executiva da Aprovale para 2017/2018

Presidente: Márcio Brandelli – Vinícola Almaúnica
Vice-Presidente: Avelino Zanetti Filho – Miolo Wine Group
Diretor Administrativo e Financeiro: Carlos Alberto Trevisan – IFRS
Diretor Técnico e Presidente do Conselho Regulador da Indicação Geográfica: Daniel de Paris – Dom Cândido Vinhos Finos
Diretor de Associados Produtores: Ronaldo Zorzi – Peculiare Vinhos Únicos
Diretora de Infraestrutura: Deborah Villas- Bôas Dadalt – Hotel & Spa do Vinho Condomínio Vitivinícola
Diretor de Enoturismo: Lucimar Roncaglio – Trattoria Mamma Gema
Diretor de Eventos Institucionais: Dario Crespi – Union Distillery
Diretor de Relações Comunitárias: Decio Geronimo Tasca – Famiglia Tasca
Diretora de Associados Setoriais: Márcia Araújo Faccio Bellora – Valle Rustico Restaurante

Foto: Assembleia de eleição foi realizada no dia 03 de abril, nas dependências do Hotel & Spa do Vinho Condomínio Vitivinícola. Foto de Márcio Brandelli.

Chefs-jurados do MasterChef Brasil elogiam a vitivinicultura brasileira

Érick Jacquin, Paola Carosella e Henrique Fogaça - Crédito Camila Ruzzarin, Ibravin.JPG
Jurados do MasterChef Brasil, Henrique Fogaça, Paola Carosella e Érick Jacquin, receberam de dirigentes do Ibravin saca-rolhas assinado pelos designers irmãos Campagna. Crédito: Camila Ruzzarin/Ibravin

Durante a passagem pelo Rio Grande do Sul, os jurados do MasterChef Brasil, os chefs Henrique Fogaça, Paola Carosella e Érick Jacquin, fizeram postagens em suas redes sociais declarando estarem surpreendidos positivamente com a experiência vivida no principal polo vitivinícola do país. Além disso, todos informaram o interesse em aprofundar conhecimentos em relação ao vinho brasileiro e em retornar à Serra Gaúcha em breve.

Confira algumas impressões da tríade estrelada sobre a enogastronomia regional reveladas durante os intervalos das gravações do episódio que foi ao ar no dia 04 de abril. A entrevista foi realizada pelo Ibravin.

FacebookÉRICK JACQUIN
Ibravin: Sei que foi pouco o tempo que passou na região, mas qual a sua opinião sobre a produção de vinho e a gastronomia?
Jacquin: Pelo pouco que vi, é engraçado, mas não me senti no Brasil. Isso é um elogio. A gente se sente seguro, me senti tão bem aqui. As casas todas abertas iguais na Europa, sem serem fechadas, sem guardas. Me senti um pouquinho como no interior da França, onde eu nasci. Tirando a vegetação, aqui parece a minha terra. Eu nasci no Vale do Loire, e poderia ser lá. Então, é maravilhoso, as pessoas são educadas, chiques, gostam dessa cultura da gastronomia, o mundo do vinho. É maravilhoso.

Ibravin: E o que achou dos vinhos que você conheceu aqui da região?
Jacquin: Eu experimentei um Chardonnay que era extraordinário. Eu experimentei muita coisa boa, acho que evolução dos vinhos no Brasil é muito grande. Ela acompanha o que tem em nível mundial. Porque não pense que a França fazia só vinho bom 30, 40 anos atrás. Tinha muita porcaria lá também e ainda tem. Mas a evolução do vinho aqui é muito grande. Ele é mais moderno, é mais fácil de beber, ele é bem apresentado, é bem feito e tem um trabalho extraordinário. A gente se sente bem num lugar realmente profissional, foi um prazer.

 
Facebook1.jpgPAOLA CAROSELLA
Ibravin: Como foi sua experiência na principal região produtora de vinhos do Brasil, a Serra Gaúcha?
Paola: Bom, eu adoro regiões vinícolas, sou uma fã, conheço várias em Mendonça e na Europa. Me impressionei muito. Já tinha ido para Porto Alegre, mas nunca para cá. Fico triste de não ter mais tempo, mas estou planejando uma viagem para passar pelo menos mais alguns dias conhecendo, fazendo fotos, investigando os produtos da região. Isso está na minha agenda para ser feito o mais rápido possível.
Ibravin: E os vinhos brasileiros, você já conhecia?
Paola: Eu conheço, eu sou uma apaixonada por vinhos orgânicos, por vinho laranja e biodinâmicos e estão sendo feitos muitos. Acho que eles fazem um trabalho sensacional e deveriam ser reconhecidos e ter o mesmo suporte das demais.

Ibravin: E a gastronomia da região. Você é descendente de italianos e a região tem uma influência forte aqui também. Pelo pouco que você conheceu, qual a sua opinião?
Paola: Se parece muito com a Argentina, estamos muito perto. Então, essa coisa da massa, do queijo, da macarronada, do churrasco, das carnes grelhadas. Está super bonito porque as árvores estão cheias de pêssego, de maçã, de caqui. Eu seria muito feliz de cozinhar aqui, acho que têm ingredientes maravilhosos para fazer umas comidas incríveis.

Facebook2HENRIQUE FOGAÇA
Ibravin: Qual a impressão que você teve da região?
Fogaça: É uma região muito bonita, com as vinícolas, é uma experiência única. O povo daqui é muito acolhedor, a comida gostosa. Então, só tenho boas lembranças.

Ibravin: E da produção de vinhos, qual a sua avaliação?
Fogaça: Acho que os vinhos são muito bem feitos, gostosos, acho que tem tudo para ser, ou melhor, já é uma potência aqui no Brasil, e cada vez deve expandir mais.

Ibravin: Já tinha tido alguma experiência com vinho brasileiro antes?
Fogaça: Sim, mas muito pouco. Mas cada vez mais vou me aprofundando e conhecendo mais.

Fotos: Reprodução Facebook

MasterChef coloca vinho brasileiro em evidência na primeira prova externa

Time vermelho - Crédito Carlos Reinis, BandEpisódio gravado na Serra Gaúcha, com degustação de vinhos no Vale dos Vinhedos, teve como mote a harmonização de pratos com três rótulos verde-amarelos. Em passagem pela região, apresentadora e chefs-jurados do talent show elogiaram a produção nacional.

Um dos programas de entretenimento mais prestigiados e com maior índice de audiência da televisão brasileira mostrou na noite de terça (4) a qualidade e a diversidade da vitivinicultura nacional. O MasterChef Brasil exibiu, pela Band, a primeira prova coletiva fora do estúdio desta quarta temporada. E o local não poderia ser mais apropriado para elaboração de um menu harmonizado: os vinhedos da Serra Gaúcha, região responsável por cerca de 90% da produção no país.

Com articulação do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), o episódio gravado nos dias 4, 5 e 6 de março, levou aos municípios de Bento Gonçalves, Farroupilha e Pinto Bandeira os 20 competidores, os chefs-jurados Henrique Fogaça, Paola Carosella e Érick Jacquin, a apresentadora Ana Paula Padrão, além de ex-participante, diretores e equipe técnica do talent show, que, juntos, somavam aproximadamente 80 pessoas.

Os chefs amadores tiveram como desafio o preparo de pratos que evocassem as culinárias italiana e alemã e que deveriam ser harmonizados com três rótulos verde-amarelos. Nos cardápios elaborados pelos times azul e vermelho para 80 convidados, o espumante Brut 130, da Casa Valduga, do Vale dos Vinhedos, acompanhou a entrada; o vinho tinto Reserva Merlot, da Vinícola Aurora, associada a Aprovale, o prato principal; e o espumante moscatel rosé Aquarela, da Casa Perini, a sobremesa. A trinca foi responsável por representar as regiões produtoras brasileiras e as mais de mil vinícolas existentes em todo território nacional. Atualmente, no país, cerca de 100 mil pessoas estão envolvidas com o setor.

Convidados - Crédito Carlos Reinis, BandOs vinhos utilizados na prova mostraram a pluralidade e versatilidade da vitivinicultura nacional: o espumante, que em sua categoria detém a preferência de consumo no mercado interno e é cartão de visitas internacional da produção brasileira; o tinto da variedade Merlot, considerada emblemática e uma das com a melhor adaptação ao terroir do país; e o Moscatel, outro produto de excelência e de crescente aceitação entre os consumidores dentro e fora do Brasil.

“Fazia cinco anos que não vinha para cá. Estou impressionada com a qualidade dos vinhos e da gastronomia. A cultura do vinho é muito pronunciada em toda a região”, revelou entre os intervalos das gravações a apresentadora do MasterChef Brasil, Ana Paula Padrão.

Para retratar a vitivinicultura nacional aos telespectadores do talent show, Ana Paula entrevistou o sommelier Maurício Roloff e os enólogos André Peres Jr, Eduardo Valduga e Franco Perini. O quarteto também foi incumbido de apresentar aos 20 competidores os rótulos da prova e dar dicas de como harmonizá-los com ingredientes da gastronomia típica da região. “A pessoa que tomou o vinho brasileiro há 10 ou 30 anos guarda na memória que o vinho brasileiro não era tudo isso, que talvez valesse a pena comprar vinhos importados. Hoje o vinho brasileiro é moderno, é fácil de beber, é fácil de combinar, tem muita diversidade”, disse em rede nacional o sommelier Maurício Roloff, que representou o Ibravin na ocasião.

Para o gerente de Promoção do Ibravin, Diego Bertolini, o respaldo conquistado é reflexo deTime azul - Crédito Carlos Reinis, Band investimentos e aprimoramento do setor, além de reconhecimentos nacionais e internacionais conquistados ano após ano. Só na última década foram mais de 2,5 mil condecorações em concursos no Exterior. “A repercussão do programa está sendo muito positiva, destacando e valorizando para todo o país a qualidade dos nossos produtos. A prova utilizou insumos locais e descomplicou a harmonização dos vinhos e espumantes, aproximando-os do consumidor, além de reforçar o enoturismo e a gastronomia da região”, avalia Bertolini.

Além do episódio gravado no interior do Rio Grande do Sul, os vinhos estarão presentes em toda quarta temporada de MasterChef Brasil. Uma adega instalada junto ao mercado utilizado nas provas pelos competidores, oferecerá diferentes variedades de rótulos para aproveitamento nas receitas.

Para conferir o programa na íntegra, basta acessar a página do MasterChef no YouTube: https://www.youtube.com/playlist?list=PL7HLCnqzgei8w0BZoPLxaoJYRjT_gIDPm

Fotos: Carlos Reinis / Band

Vinho brasileiro será tema da primeira prova fora do estúdio de MasterChef

Convidados - Crédito Carlos Reinis, BandEpisódio gravado em municípios da Serra Gaúcha será exibido na próxima terça-feira, 4 de abril. Três rótulos verde-amarelos, dentre eles vinícolas do Vale dos Vinhedos, representarão a diversidade da vitivinicultura nacional

Os fãs da vitivinicultura brasileira terão motivos especiais para assistir o próximo episódio de MasterChef Brasil. Na noite de terça-feira, 4 de abril, irá ao ar a primeira prova coletiva fora do estúdio desta temporada. E o local não podia ser mais apropriado para elaboração de um menu harmonizado: os vinhedos da Serra Gaúcha, região responsável por cerca de 90% da produção nacional.

Ana Paula Padrão, Henrique Fogaça, Paola Carosella e Erick Jacquin - Crédito Carlos Reinis, BandGravada nos municípios de Bento Gonçalves, Farroupilha e Pinto Bandeira, no interior do Rio Grande do Sul, a prova desafiará os 20 competidores a prepararem pratos típicos italianos e alemães, que deverão ser acompanhados com rótulos verde-amarelos. Três vinícolas serão as responsáveis por representar a diversidade e qualidade da vitivinicultura nacional no maior talento show da televisão brasileira: Aurora, Casa Perini e Casa Valduga.

E claro que o Vale dos Vinhedos não ficou de fora desta atração. A Casa Valduga possui sua sede no coração do Vale dos Vinhedos e a Cooperativa Vinícola Aurora, além de ser associada a Aprovale, possui inúmeros cooperados no Vale. Ambas terão seus vinhos como estrelas do programa.

Time vermelho - Crédito Carlos Reinis, Band

Nos episódios dos dias 14 e 21 de março, o programa deu os primeiros sinais de que a bebida de Baco estaria presente nesta temporada. As paisagens de vinhedos e de uma prova coletiva, junto com a narração da Ana Paula Padrão informando sobre a gravação de um episódio em uma “típica vinícola gaúcha” deram as dicas iniciais da novidade. Também, no início do mês, os jurados da atração, Henrique Fogaça, Paola Carosella e Erick Jacquin, postaram fotos em locais da Serra Gaúcha.

Time azul - Crédito Carlos Reinis, Band

No programa de ontem (28) foi possível ter mais detalhes de como será a prova entre os times azul e o vermelho. O grupo irá preparar um almoço para 80 “exigentes” convidados. Assista a última parte do episódio na íntegra: https://youtu.be/VDB4_fLeo3Y

O MasterChef é transmitido pela Band às terças-feiras, às 22h30min, com exibição simultânea no site e no aplicativo da emissora para smartphones, sendo também reproduzido pelo Discovery Home & Health, nas sextas, às 19h20min, com reapresentação aos domingos às 21h45min.

FOTOS
Crédito: Carlos Reinis/Band

Chegada do Outono é saudada com Passeio Ciclístico no Vale dos Vinhedos

passeio-cicl-a-stico
Bicicletas percorrerão trajeto alternativo para dar boas-vindas à nova estação no dia 2 de abril

Roteiro Enoturístico mais famoso do Brasil, o Vale dos Vinhedos tem suas paisagens renovadas a cada troca de estação. Com a chegada do outono, novas cores vão tomando conta de cada curva das estradas, cercadas por vinícolas, restaurantes e hotéis. Para dar boas-vindas à estação, o Hotel Villa Michelon e a Jamar Cia do Esporte realizam o seu tradicional Passeio Ciclístico de Outono, inovando, pela segunda vez, no trajeto. O evento ocorre no domingo, 2 de abril, a partir das 9h.

Partindo da sede da Aprovale, no Km 14,85, RS 444, e chegando ao Hotel Villa Michelon, em frente à Casa do Filó, o Passeio Ciclístico percorre a Garibaldina e a estrada da Linha Baú, com dois pit-stops ao longo dos 5,2km: uma na Gruta Nossa Senhora de Lourdes e outra em um bucólico recuo do trajeto. O percurso, inaugurado no Passeio Ciclístico de Primavera, tem duração média de 1h30min e requer olhares atentos: em cada novo quilômetro percorrido, paisagens são descobertas, carregando a riqueza que somente localidades como o roteiro podem proporcionar.

A exemplo das edições anteriores, haverá sorteio de bicicleta e diárias no Hotel Villa Michelon, além de outros brindes. As premiações para a família mais numerosa, ciclista mais idoso, ciclista mais jovem e bicicleta mais incrementada ocorrerão ao final do Passeio Ciclístico, que também traz como novidade este ano alusão aos 50 anos da I Fenavinho.

As inscrições podem ser realizadas por telefone no Hotel Villa Michelon, na Aprovale, na Jamar Cia do Esporte ou no local da concentração. Elas são gratuitas.

Serviço
Evento: Passeio Ciclístico de Outono 2017
Data: 2 de abril. Em caso de mau tempo, será transferido para o dia 9 de abril.
Horário: 9h
Concentração: Aprovale (Km 14,85 – RS 444 – Estrada do Vinho – Vale dos Vinhedos)
Chegada: Hotel Villa Michelon
Realização: Hotel Villa Michelon e Jamar Cia do Esporte

Inscrições antecipadas:
Hotel Villa Michelon – 54.2102.1800
Aprovale – 54.3451.9601
Jamar Cia do Esporte – 54.3451.2675
Inscrições no local: em frente à Aprovale

Testemunhe o nascimento de um ícone no Spa do Vinho, no Vale dos Vinhedos

Vinho VE.JPGCelebração VE 2017 coroa excelente safra que originará vinho ícone

O início da colheita do Lote 41 da Linha Leopoldina, no Vale dos Vinhedos, foi estabelecida nesta semana, com base no grau de maturação das uvas e nas condições climáticas, pela equipe do Spa do Vinho Hotel & Condomínio Vitivinícola. Uma colheita seletiva será realizada ao longo dos próximos dias, visando o melhor aproveitamento da produção para elaboração de vinho ícone VE safra 2017.

Mantidas as condições atuais, considera-se que esta será uma safra histórica no Vale dos Vinhedos por sua qualidade e produtividade. Desta forma, como nos anos anteriores, o Spa do Vinho Hotel & Condomínio Vitivinícola marcará este importante momento realizando a Celebração VE.

Spa.jpgNo próximo sábado, 4 de março, às 11 horas, será realizada a primeira colheita e a
primeira vinificação com sommeliers e alunos da ABE-RS, autoridades, imprensa e Confrades do Condomínio Vitivinícola Spa do Vinho. Para completar a celebração, será servido Almoço Festivo na Praça das Vinhas do Spa do Vinho.

A festividade pode ser usufruída pelos amantes do vinho através de pacotes completos e exclusivos para a Celebração VE 2017, com hospedagem, refeições e Vino.Spa. O Pacote inclui também a oportunidade de participar da Degustação Vertical VE, que será conduzida pelos sommeliers e sócios-diretores do empreendimento, Aldemir Dadalt e Deborah Villas-Bôas Dadalt, neste sábado às 19h, no Centro de Eventos Spa do Vinho.

Para mais detalhamentos e reservas, basta contatar o Depto Comercial do Hotel através do telefone 54.2102.7200 ou pelo e-mail reservas@spadovinho.com.br

Fonte: Gerência de Marketing – Spa do Vinho Hotel & Condomínio Vitivinícola

Vindima é atração no período de carnaval no Vale dos Vinhedos

1.jpgO roteiro de enoturismo mantém sua programação de Vindima oferecendo atrativos diferenciados para aqueles que buscam tranquilidade durante o carnaval

O Vale dos Vinhedos é atração nas quatro estações do ano. A cada mudança da natureza, uma nova programação inspirada na estação é ofertada aos visitantes. Até março de 2017 o Vale dos Vinhedos vive a Vindima, a colheita da uva, com uma intensa e variada gama de atividades dedicadas àqueles que desejam ter experiências inspiradas na colheita.

Durante o carnaval 2017 não será diferente. Os empreendimentos da rota estarão abertos em todos os dias de folia oferecendo, além das visitas tradicionais, atividades diferenciadas inspiradas na colheita da uva. O objetivo é apresentar alternativas para aqueles que desejam tranquilidade, sem deixar de curtir o final de semana de carnaval.

As programações são variadas: colheita e pisa das uvas, pacotes de hospedagem inspiradas no período, piqueniques em meio às videiras carregadas de uvas, gastronomia inspirada na estação, cursos de degustação, harmonização, festas e passeios de resgate cultural, degustação às cegas e degustação vertical são algumas das ofertas.

2
Burguer & Beer por Augusto Tomasi

Para aqueles que desejam curtir a natureza e mesmo assim não dispensam uma festa no carnaval, o Vale dos Vinhedos apresenta duas atrações: o Carnavale no Wine Garden e o Burguer & Beer no Valle Rustico Restaurante. A proposta de ambos os eventos é aliar boa música e gastronomia de qualidade aos vinhos e cervejas da região, para aproveitar com grandes amigos em meio à natureza. O Carnavale do Wine Garden acontecerá de 24 a 28 de fevereiro, das 10h às 01h. E o Burguer & Beer acontecerá no dia 28 de fevereiro, das 12h às 21h.

3
Carnavale por Rodi Severo Goulart

A Comunidade do Vale dos Vinhedos também oferece uma proposta diferente para homenagear nossa cultura e nossos antepassados. Na Festa da Cuccagna, que será realizada no dia 25, a colheita do salame e a árvore da fartura são a grande atração, aliada ao famoso merendin, com as delícias gastronômicas da nossa região.

Para os que têm interesse em se hospedar no Vale dos Vinhedos, a dica é reservar o quanto antes as diárias. O período de carnaval é um dos mais movimentados da Vindima, e as pousadas e hotéis ofertam pacotes temáticos. A expectativa é de que cerca de 7 mil pessoas venham passar o carnaval em meio as belezas do Vale dos Vinhedos.

No blog do roteiro é possível ter acesso à programação completa de carnaval e também aos horários de atendimento dos atrativos. Todos atenderão normalmente no período: www.valedosvinhedos.wordpress.com/carnavalvaledosvinhedos