Posts tagged ‘Notícias Vale dos Vinhedos’

Salão de Enoturismo reforça crescimento da atividade no RS

salao de enoturismo2ª edição mostrou 14 roteiros e apresentou dois novos destinos apresentando no estande as experiências que os turistas vivenciam durante os passeios

A força e a diversidade do enoturismo no Rio Grande do Sul foram destaques na 25ª edição do Festival de Turismo de Gramado (Festuris), realizado nos dias 08 e 09 de novembro. Distribuídos em um estande de 193m², e agrupados na área destinada ao 2º Salão de Enoturismo, 14 roteiros de três diferentes regiões do Estado apresentaram suas atrações aos mais de 14 mil visitantes que circularam pelo evento. Dentre os 14 roteiros, o Vale dos Vinhedos.

“O espaço se manteve lotado todos os dias da feira, e agradou tanto o público como os próprios expositores. Neste último caso, tanto pelo interesse demonstrado pelos visitantes como pela qualidade dos contatos feitos”, observa a coordenadora do Projeto Enoturismo RS, Janine Basso Lisboa. Na triagem dos visitantes, cerca de 75% dos contatos registrados foram de profissionais de operadoras, agências de turismo e guias, ou de profissionais de empresas ligadas a serviços da atividade como hotéis e restaurantes. Além destes, o espaço foi visitado por órgãos governamentais, associações ligadas ao turismo, imprensa e instituições de ensino.

Os contatos foram obtidos através de uma das novidades do salão deste ano. Na entrada do espaço foi entregue um passaporte onde as pessoas preenchiam seus dados, anotavam suas impressões e carimbavam as folhas a medida que passavam pelos roteiros. Ao final, após visitar os roteiros, quem quisesse deixar um formulário de contato preenchido, recebia um saca rolhas personalizado. Outra novidade do espaço foi a representação de experiências que os turistas vivenciam durante os passeios, como a degustação de vinhos, a produção de geleias, enoterapia, apreciação da paisagem e a colheita da uva.

A secretária de Turismo do estado do Rio Grande do Sul, Abgail Pereira, em seu discurso na abertura do Festival, destacou o crescimento do turismo na economia gaúcha. Segundo ela, a atividade representou, em 2012, 6% do PIB do estado, ante os 3,6% registrados em 2009. No Brasil, o turismo movimentou $ 170 milhões no ano passado, o que corresponde a 3,7% do PIB. A média mundial de participação do turismo na economia é de 8,9%. “O estado do RS tem números superiores à média nacional, mas temos um espaço para crescer ainda mais, e o Enoturismo tem uma contribuição importante neste resultado, com potencial para desenvolvimento ainda maior”, avalia.

A mestra em Turismo, Ivane Fávero, destaca a relevância que este segmento de turismo atingiu nos últimos anos: “Hoje estamos entre os principais destinos de enoturismo do mundo. O Rio Grande do Sul não é competitivo em praia, mas nos diferenciamos e somos referencia em roteiros ligados ao universo da uva e do vinho”. Embasando a argumentação da especialista, a revista americana Wine Enthusiast elegeu o Vale dos Vinhedos, localizado na Serra Gaúcha, entre os 10 mais importantes destinos atuais de enoturismo.

O diretor técnico do Ibravin, Leocir Botega, afirma que o turismo ligado ao mundo do vinho vai além dos passeios pelos parreirais e consumo dos produtos nas vinícolas. “Ele agrega a questão cultural dos lugares e das pessoas em que é desenvolvido, envolve a gastronomia, a história, a paisagem, enfim, diversos aspectos que fazem com que seja uma das principais atrações do nosso estado”.

Além de destinos já reconhecidos como Vale dos Vinhedos, que apresentou um aumento de 315% no fluxo de turistas nos últimos dez anos, a edição deste ano do Salão apresentou os novos roteiros Caminho do Moscatel, em Farroupilha, e Compassos da Mérica, Mérica, Flores da Cunha. O estande foi coordenado pelo Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), em parceria com o Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares – Região Uva e Vinho (SHRBS) e apoio das secretarias de Turismo (Setur) e de Agricultura, Pecuária e Agronegócio (Seapa) do Estado do Rio Grande do Sul.

Fonte: Ibravin / Imagem: Martha Caus

19/11/2013 at 16:49 Deixe um comentário

A geografia do vinho

noticias-download1577

 

Livro “Os Solos do Vale dos Vinhedos”  com chances de se tornar referência internacional para a produção de vinhos de qualidade

Um estudo detalhado acerca dos solos do Vale dos Vinhedos será publicado em forma de livro nesta semana. Investigação das características morfológicas do solo, análises físicas, químicas e mineralógicas fazem parte do estudo, que conta ainda com mapas da distribuição espacial. Com tiragem exclusiva de 200 exemplares, o livro foi lançado no dia 13, às 15h30min, no auditório da Embrapa Uva e Vinho, em Bento Gonçalves.

A Embrapa, por meio das unidades Uva e Vinho e Clima Temperado, e as universidades de Caxias do Sul (UCS) e Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) – esta por meio do Centro de Ecologia (Ceneco) – trabalham, desde 2005, no projeto de pesquisa Desenvolvimento de Indicações Geográficas e Alerta Vitícola para o Arranjo Produtivo Local de Viticultura do Rio Grande do Sul (APL Vinhos), liderado pela Embrapa Uva e Vinho, na figura do pesquisador Jorge Tonietto. É no projeto que se insere o detalhamento dos solos da Indicação Geográfica Vale dos Vinhedos.

“Para nós é um orgulho ser tema de uma importante publicação como esta”, garante o presidente da Associação dos Produtores de Vinhos Finos do Vale dos Vinhedos (Aprovale), Juarez Valduga. Em 2002, o Vale dos Vinhedos foi reconhecido como a primeira indicação geográfica do país, a Indicação de Procedência (IP). Desde o ano passado, após um trabalho persistente da Aprovale, obteve também o reconhecimento da Denominação de Origem (DO), determinada pelo meio geográfico, incluindo fatores naturais e humanos.

O levantamento detalhado de solos do Vale dos Vinhedos será útil a vários públicos, produtores e técnicos, que terão à disposição informações sobre os fatores agronômicos que condicionam o uso do solo e o potencial deste para a viticultura. Com os dados oferecidos pelo estudo, considerando as características de cada tipo de solo, será possível definir, no processo de planejamento da implantação de um vinhedo, as cultivares de uva mais aptas a obter resultados de excelência.

O trabalho foi desenvolvido para apresentação na escala 1:10.000, em função dos objetivos (vitivinicultura) e da base cartográfica disponível. O estudo, do qual fazem parte, ainda, os pesquisadores Reinaldo Oscar Pötter (consultor, pesquisador aposentado da Embrapa Florestas), Eliana Casco Sarmento (UFRGS), Eliseu José Weber (pesquisador-associado da UFRGS) e Heinrich Hasenack (Ceneco-UFRGS), foi financiado pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), com apoio da Fundação de Apoio à Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário Edmundo Gastal (Fapeg).

O livro “Os Solos do Vale dos Vinhedos” será disponibilizado nos sites das instituições envolvidas com o levantamento que deu origem à publicação.

17/09/2013 at 16:14 Deixe um comentário

Aprovale lançará linha de vinhos e espumantes do Vale dos Vinhedos

Primavera Vale dos Vinhedos003 Fotos- Gilmar Gomes

Proposta, já aprovada pela Associação, terá produtos elaborados pelas vinícolas associadas com marca conjunta

Um antigo sonho dos produtores de vinho do Vale dos Vinhedos pode se transformar em realidade em breve. A Associação de Produtores de Vinhos Finos do Vale dos Vinhedos (Aprovale) irá lançar uma marca de vinhos em conjunto com as vinícolas associadas. Mesmo sem data de lançamento definida, mas com a previsão de que a ideia seja apresentada ao consumidor no último trimestre de 2013, a Aprovale já definiu que o produto terá nome e cores que remetem ao Brasil.
A proposta de lançamento do vinho em conjunto vinha sendo estudada há semanas pela Associação, que já havia debatido a ideia em anos anteriores. Agora, os próximos passos para transformar o vinho do Vale dos Vinhedos em realidade são a definição de nomenclatura, identidade visual, variedades de vinhos que integrarão o projeto e padrões mínimos de qualidade dos produtos. O interesse de projetar a marca Vale dos Vinhedos sempre acompanhou os produtores da região, que agora encontram nesse projeto a possibilidade de idealizar este antigo sonho, falando diretamente com o consumidor.

A ideia da entidade é lançar vários produtos que representam o terroir do Vale dos Vinhedos e do Brasil com uma marca em conjunto. “Eles teriam rótulos iguais e um padrão mínimo de qualidade, que poderia ser atestado pelo Conselho Regulador da Denominação de Origem (DO) Vale dos Vinhedos. Seriam vinhos e espumantes sem relação com a D.O., mas que passariam pela aprovação do Conselho para manterem um padrão de qualidade”, destaca o presidente da Aprovale, Juarez Valduga. Ele explica que cada vinícola lançaria seu próprio produto, porém, com a marca do vinho oficial do Vale dos Vinhedos. “Isso significa que o rótulo será igual. Teremos espumantes, brancos, roses e tintos com a mesma marca, mas elaborado por vinícolas diferentes. No contra-rótulo estará o nome da vinícola e as demais informações que todo vinho precisa ter”, explica Valduga. Ainda sem data de lançamento definida, a linha de vinhos e espumantes do Vale dos Vinhedos deve ser apresentada ao consumidor no último trimestre de 2013.

23/07/2013 at 16:49 Deixe um comentário

Mamma Gema põe a mesa para o Imama

noticias_download1258

Restaurante promove jantar benemerente no Vale dos Vinhedos para ajudar na manutenção da instituição que atua em defesa da causa do câncer de mama

A mobilização para ajudar o Imama – Unidade Regional Bento Gonçalves chegou ao Vale dos Vinhedos. A Tratoria & Armazém Mamma Gema promove no dia 20 de junho, a partir das 19h30min, o Jantar Benemerente ao Imama com 100% da renda revertida para a unidade local que atua em 21 municípios da Serra Gaúcha.

Desde o ano passado, o Imama Bento Gonçalves vem enfrentando sérias dificuldades para continuar exercendo suas atividades, motivo que tem levado empresas e entidades a abraçarem a causa, através da realização de ações como esta, além de atividades de conscientização.

O cardápio da noite está sendo preparado pelo chef Altemir Pessali, diretor da casa, que reserva surpresas. A expectativa é de que cerca de 150 pessoas participem do evento numa demonstração de solidariedade. O jantar, idealizado por Pessali e por um grupo de voluntárias do Imama, também é abraçado pelo projeto “De peito aberto”, criado pelo Planeta H, unindo empresas e entidades de diversas cidades da região, através de atividades de conscientização e ações que visam arrecadar fundos para a entidade. O objetivo é desmistificar o assunto, levando-o para o cotidiano das pessoas.

Os ingressos para o jantar estão à venda na sede do Imama por R$ 90 por pessoa. A bebida não está inclusa neste valor. A Tratoria & Armazém Mamma Gema está localizado na RS 444 km 18,9 – Estrada do Vinho -, em frente ao Hotel Villa Michelon, no Vale dos Vinhedos. O jantar tem o apoio da Associação dos Produtores de Vinhos Finos do Vale dos Vinhedos (Aprovale).

depeitoaberto

03/06/2013 at 16:16 Deixe um comentário

Um Vale órfão do estado

noticias_download1267

Comunidade e empreendedores entregam documento com 26 reivindicações ao Governo de Bento Gonçalves. Iniciativa se estenderá aos municípios de Garibaldi e Monte Belo do Sul

O roteiro enoturístico mais famoso do Brasil precisa de uma intervenção pública mais efetiva. Estradas carecem de pavimentação, existem buracos, falta transporte coletivo, recolhimento do lixo é precário, sinalização e iluminação são insuficientes, limpeza das vias é deficitária. Enfim, muitos são os problemas. Os investimentos se limitam a ações da iniciativa privada. Cansados de promessas e de exercer funções que competem aos Governos Municipal e Estadual, comunidade e empreendedores do Vale dos Vinhedos se uniram e construíram um documento com 26 reivindicações – em sua maioria antigas – que foi entregue ao Governo Pasin em encontro que reuniu mais de 80 pessoas na noite de segunda-feira, 27, no Restaurante Zandonai, no Vale dos Vinhedos.

Preocupado com a estrutura do roteiro, ainda mais às vésperas da Copa do Mundo de 2014 – o SPA do Vinho, no Vale, é um dos hotéis cotados para receber uma das seleções -, o presidente da Associação dos Produtores de Vinhos Finos do Vale dos Vinhedos (Aprovale), Juarez Valduga, lamentou a ausência do prefeito de Bento Gonçalves, Guilherme Pasin, que foi convocado para estar em Brasília. “Vamos torcer que o prefeito Pasin aproveite sua estada na capital federal para encontrar caminhos que possam ajudar o Vale dos Vinhedos”, almejou.

A lista de pedidos espelham as demandas do roteiro que se arrastam por diversas gestões. O documento foi entregue ao vice-prefeito Mário Gabardo, que esteve acompanhado por oito secretários, além do subprefeito Volnei Cristófoli. Entre as reivindicações destaque para o apoio e incentivo ao agricultor. Valduga chegou a oferecer um terreno para a criação de um horto, com o compromisso de a entidade adquirir as mudas se a Prefeitura de Bento Gonçalves se responsabilizar pela mão-de-obra. “Precisamos somar esforços nessa missão de fortalecer uma parceria público-privada para atender as aspirações dos moradores, empresários e visitantes do Vale. E neste contexto o produtor é o centro das nossas atenções. É ele que precisa de todo o apoio e incentivo para garantir uma matéria-prima capaz de resultar em vinhos de excelência”, destacou.

O presidente da Associação Comunitária Vale dos Vinhedos, Sadi Lorenzini, aproveitou o momento para expressar a indignação dos moradores que se sentem abandonados e com uma herança de demandas que acompanha diversas gestões municipais. “Entra e sai governo e o discurso é sempre o mesmo. Os compromissos são renovados, mas na prática nada acontece”, reclamou.

Ao reconhecer que o Vale dos Vinhedos é organizado e que hoje possui uma representação maior até que o próprio município, Gabardo disse que a governança se fez presente de forma maciça muito mais para ouvir do que para falar. “Propomos construir juntos, soluções para que o Vale dos Vinhedos continue sendo esta força enoturística”, afirmou.

O secretário de Governo, César Gabardo, ressaltou que o campo de reivindicações do Vale é muito grande em razão do patamar conquistado pelo roteiro. “O Vale deixou de ser um distrito de Bento”. Ele disse que chamou a atenção do Governo Pasin não existir nenhum projeto específico de captação de recursos para o Vale. “A Secretaria de Governo está cuidando dos projetos. Vamos construir isso juntos”, garantiu.

Ao assegurar que existe verba para questões como iluminação e paisagismo, o secretário antecipou que será realizada uma audiência pública para tratar do plano diretor. Quanto ao Museu do Vinho, entende que o primeiro passo é elaborar um projeto para, posteriormente, tratar do local de instalação. Convicto de que muitas vezes a força política das empresas é maior que a do governo, César Gabardo aposta num trabalho conjunto com Garibaldi e Monte Belo do Sul, principalmente no que diz respeito a demandas que dependem do Daer, por exemplo.

Para a entrega do documento aos governos de Garibaldi e Monte Belo do Sul, municípios que também formam a região geograficamente demarcada do Vale dos Vinhedos, a Aprovale e a Associação Comunitária Vale dos Vinhedos estarão promovendo novos encontros.

Foto: Lucinara Masiero

03/06/2013 at 11:15 Deixe um comentário

Vale dos Vinhedos dentro da sala de aula

DSC_0006

Primeira turma de professores conheceu o roteiro turístico na tarde dessa quinta-feira

O Vale dos Vinhedos passa a ser assunto de sala de aula a partir dessa quinta-feira, 2 de maio, quando a primeira turma de professores das 4ª séries da rede municipal de Bento Gonçalves conheceu o roteiro. Cerca de 30 docentes percorreram os principais pontos do Vale, como a Capela das Neves, a Vinícola Casa Valduga, a Vivatto Parque e a Casa de Madeira para transmitir as informações nas salas de aula. Este é o primeiro passo da ação que contemplará a visita de mais de 650 alunos ao roteiro. O projeto é uma parceria da Associação dos Produtores de Vinhos Finos do Vale dos Vinhedos (Aprovale) com a Secretaria Municipal de Educação (Smed). A secretária de Educação de Bento Gonçalves, Iraci Luchese, acompanhou a visitação.

A intenção é que os professores se sintam seguros ao transmitir informações sobre o trecho turístico em sala de aula. Eles visitaram os mesmos pontos que os estudantes vão conhecer ao longo de 2013: a Capela das Neves, templo construído em período de seca com vinho há mais de um século, a nova subprefeitura do distrito, uma vinícola e um tour geral pelo roteiro. Cada grupo visitará uma vinícola diferente.

Os professores voltarão para o Vale dos Vinhedos para acompanhar seus alunos. A primeira visita dos estudantes está agendada para o dia 17 de maio. Além da visitação, eles ganham um Kit informativo que servirá como suporte no trabalho desenvolvido posteriormente em sala de aula. Serão fornecidos um DVD As Quatro Estações no Vale dos Vinhedos, dois folders, a revista Destino: Vale dos Vinhedos e um informativo sobre o trecho. O ação faz parte do projeto Um Olhar Encantador sobre Bento Gonçalves, desenvolvido pela Smed, que envolve os quatro distritos e o Centro da cidade. A intenção é que o projeto se estenda para outros trechos turísticos a partir do próximo ano.

Imagens: Raquel Fronza

02/05/2013 at 15:39 Deixe um comentário

Vale dos Vinhedos se transforma em lição de casa

Primavera Vale dos Vinhedos050 Fotos- Gilmar Gomes

 

Cerca de 650 alunos da rede municipal de Bento Gonçalves visitarão o roteiro enoturístico ao longo do ano

Um dos roteiros enoturísticos mais charmosos do país, o Vale dos Vinhedos, virou lição de casa para mais de 650 alunos das 4ª séries da rede municipal de Bento Gonçalves. Mas a tarefa de estudar o atrativo não é focada em livros escolares ou imagens ilustrativas: essa grande turma de estudantes irá percorrer uma rota composta por quatro pontos e conhecerá de forma completa as belezas naturais e a força econômica do local. As visitas serão feitas em grupos menores. O projeto é uma parceria da Associação dos Produtores de Vinhos Finos do Vale dos Vinhedos (Aprovale) com a Secretaria Municipal de Educação (Smed).

A primeira ação ocorrerá na tarde da quinta-feira, 2 de maio, quando 30 professores de 22 escolas de Ensino Fundamental conhecerão o Vale dos Vinhedos. A intenção é que eles se sintam seguros ao transmitir informações sobre o trecho turístico em sala de aula. Os docentes visitarão os mesmos pontos que os estudantes vão conhecer ao longo de 2013: a Capela das Neves, templo construído em período de seca com vinho há mais de um século, a nova subprefeitura do distrito, uma vinícola e um tour geral pelo roteiro. Cada grupo visitará uma vinícola diferente. Dessa vez, a escolhida foi a Casa Valduga.

Os professores voltarão para o Vale dos Vinhedos quando forem acompanhar seus alunos. A primeira visita dos estudantes está agendada para o dia 17 de maio. Além da visitação, eles ganham um Kit informativo que servirá como suporte no trabalho desenvolvido posteriormente em sala de aula. Serão fornecidos um DVD As Quatro Estações no Vale dos Vinhedos, dois folders, a revista Destino: Vale dos Vinhedos e um informativo sobre o trecho. O ação faz parte do projeto Um Olhar Encantador sobre Bento Gonçalves, desenvolvido pela Smed, que envolve os quatro distritos e o Centro da cidade. A intenção é que o projeto se estenda para outros trechos turísticos a partir do próximo ano.

Foto de Gilmar Gomes

02/05/2013 at 10:00 Deixe um comentário

Posts antigos


Arquivo!

Digite seu endereço de e-mail e receba os novos posts do Vale dos Vinhedos!

Junte-se a 5.869 outros seguidores


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 5.869 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: